Ederson exalta Flamengo na apresentação: "Estou no maior do mundo"
Ederson foi apresentado na Gávea (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Nesta sexta-feira (24), o Flamengo apresentou mais uma contratação. O nome da vez é o meia Ederson, que estava na Lazio, da Itália, e chega para ser o novo camisa 10 do Rubro-Negro. O meia assinou contrato até o fim de 2017 e foi apresentado na Gávea ao lado do presidente Eduardo Bandeira de Mello e do diretor de futebol Rodrigo Caetano.

Nas primeiras palavras como jogador do Flamengo, Ederson disse estar muito feliz e que chega para jogar no maior clube do mundo.

"Eu tenho que dizer que estou muito feliz, honrado e orgulho. Era um sonho voltar ao meu país após 11 anos jogando em alto nível na Europa. E estou realizando esse sonho vindo para o maior do mundo, para jogar no clube de maior torcida do mundo. Não poderia ser melhor, e vou fazer de tudo para honrar essa camisa e dar alegrias a essa torcida", afirmou o meia.

O jogador tem um histórico de lesões graves na carreira, mas fez questão de dizer que está 100% recuperado dos problemas físicos e pronto para poder jogar com regularidade.

"Esse é um assunto que queria esclarecer e colocar definitivamente uma pedra em cima. Futebol é um esporte de muito contato físico, e estamos sempre buscando a superação e os limites. Infelizmente, lesões acontecem com todos. Vocês já devem ter ouvido falar na Lei da Atração, e penso muito nisso. Por isso só quero pensar em coisas positivas, de que estou no maior do Brasil e no clube de maior torcida do mundo. Vou me esforçar para estar disponível o mais rapidamente possível para ajudar meus companheiros", completou.

Contratado para suprir a ausência de um camisa 10 no Flamengo, Ederson comentou que pode também fazer outras funções em campo.

"Sou meia de ligação, meu papel é armar as jogadas, fazer as jogadas por trás. Quando não tenho a posse de bola, procuro fazer o trabalho defensivo. Muitas pessoas não sabem a posição exata em que jogo. É que na Europa sempre procurei ser muito polivalente. Já joguei como meia-esquerda, na ponta, mais recuado, mas minha função principal é ser meia de ligação", concluiu.

Ederson já está regularizado pelo Flamengo no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e apto para poder estrear. No entanto, nos próximos dias o meia voltará à Itália para providenciar a mudança junto com sua família e só deverá se juntar ao elenco rubro-negro na próxima quinta-feira (30).

VAVEL Logo