Léo Costa volta aos treinos mas é dúvida no Santa Cruz
Meia participou do aquecimento com o grupo na quinta-feira (Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz)

Ainda no primeiro tempo da partida do último domingo (12), contra o Uniclinic-CE, pela Copa do Nordeste, o meia Léo Costa deixou o campo reclamando de dores na coxa esquerda. Na manha da quinta-feira (16), o atleta – que estava realizando tratamento no departamento médico – participou normalmente das atividades com o grupo, mas não treinou hoje.

Na terça-feira (14), após realização de um exame de imagem, o clube divulgou que Léo faria um tratamento intensivo, podendo ser liberado ainda durante a semana. O atleta está sendo reavaliado, quando Vinícius Eutrópio terá a definição se poderá contar ou não com o atleta para o Clássico das Multidões.

Caso seja poupado, o substituto direto de Léo é o meia Thiago Primão. Os atacantes William Barbio e André Luís também surgem como opção para a vaga. Sendo assim, o Santa deverá enfrentar o Sport com: Júlio César; Vítor, Jaime, Bruno Silva e Roberto; Elicarlos, David, Thomás e Thiago Primão (Barbio ou André Luís); Everton Santos e Halef Pitbull.

Ausência confirmada

Uma ausência confirmada para a partida é o atacante Facundo Parra, que não treinou pelo terceiro dia consecutivo. O jogador ainda não estreou com a camisa do Santa Cruz e segue fazendo trabalhos específicos alegando cansaço muscular.

O último jogo do atacante foi em maio de 2016, quando ainda estava na Argentina, e os médicos do Santa Cruz creditam a esse fato as dores musculares na panturrilha esquerda que surgiram após alguns treinamentos. O diagnóstico só será confirmado após um exame de imagem, segundo o médico da coral, Gilson Rezende.

- Ele vinha parado, entrou numa intensidade de treinamento e vai ter que dar um tempo de repouso para voltar as atividades. Achamos por bem parar os treinamentos dele, fazer um exame de imagem e esperar o resultado. Por enquanto, ele está no departamento médico.

Santa pretende responder em campo às provocações de rival

O clássico entre Santa Cruz e Sport no próximo sábado (18) que será realizado às 16h30, no Estádio do Arruda, válido pela 4ª rodada do hexagonal do título do Campeonato Pernambucano, vêm sendo marcado pelas provocações de Éverton Felipe. O meia leonino de apenas 19 anos apontou o Sport como favorito a vencer o clássico e não poupou às piadas direcionadas ao rival.

Pelo lado tricolor, o goleiro Júlio César desaprovou a atitude do garoto. "Eu já tenho 32 anos e passei dessa época, isso é coisa que não acrescenta em nada. Eu ouvi algumas declarações do Everton Felipe, ele é um menino ainda, vai ver que isso não leva a muita coisa. Vai ver que o bacana é ter uma postura igual a do Magrão, a do Durval, que são respeitosos com qualquer adversário. Mas faz parte, a gente não tem que ficar com mimimi. Se ele gosta, tem que fazer mesmo, deixa ele fazer. A gente tem que manter o foco no jogo. Zoação a gente deixa para o torcedor e para quem gosta de fazer”, encerrou.

O volante Elicarlos – que enfrentará o Sport pela primeira vez vestindo a camisa do Santa Cruz – também demonstrou desinteresse nas críticas de Éverton e reafirmou que a resposta deverá vir dentro de campo. “Temos que nos preocupar com o nosso trabalho. Deixo ele lá. A gente não tem que se incomodar com o que eles falam. Todo mundo sabe que, qualquer detalhe da maneira de falar pode interpretar muito errado. Se ele achou que devia fazer aquilo, é problema dele. Temos que dar a resposta em campo e fazer um bom jogo para sair com os três pontos”.

VAVEL Logo