Corinthians anuncia Foxlux como novo patrocinador e espera chegar a R$100 milhões com parcerias
Camisa do Corinthians já com novo patrocínio Foto: (Divulgação / Agência Corinthians)

Menos de 24 horas depois de tropeçar em casa contra o RB Brasil e com um importante clássico já no final de semana contra o São Paulo, pela próxima rodada do Campeonato Paulista, no domingo (26), o assunto desta sexta-feira (24) não foi o mau resultado na Arena Corinthians e nem o Majestoso a ser disputado no Morumbi, mas sim, o novo contrato de patrocínio anunciado pelo clube.

O grupo Foxlux, novo parceiro do Corinthians, é uma empresa paranaense de matérias elétricos que atua no ramo de iluminação e atualmente patrocina também a equipe do Paraná Clube. Apesar de não ter os valores de contrato divulgados, o acordo terá vigência até março de 2018 e a logomarca da empresa ocupará a barra das costas da camisa alvinegra, sendo o segundo contrato fechado em uma semana pelo diretor de marketing do clube, Fernando Salles, que otimista, pretende ainda em 2017 ter a camisa mais valiosa do mercado brasileiro:

"Não sei onde saiu [na imprensa] que é R$ 64 milhões o valor da camisa. Com os contratos que temos (Caixa, Alcatel e Minds) e mais a Nike, é muito mais que isso. Com certeza nós vamos chegar a R$ 100 milhões e seremos a camisa mais valorizada do futebol brasileiro ainda neste ano. Quando chegarmos, vamos avisar vocês", garantiu o dirigente.

O próximo e importante passo para a direção do clube é a renovação com a Caixa Econômica Federal, principal patrocinadora do clube, que, atualmente, paga cerca de R$30 milhões anuais pelo espaço master do uniforme. Fernando Salles aproveitou o teor da entrevista para falar também sobre o andamento das negociações para a revalidação do contrato:

"Estamos finalizando as negociações com a Caixa. Não é uma coisa fácil, é uma empresa governamental, o TCU olha o contrato. Já chegamos no valor e estamos negociando algumas cláusulas no contrato que gostaríamos de mudar. Demora um pouco, mas temos tempo. O contrato vai até abril, estamos fazendo com muita calma e vamos chegar num consenso."

Agora, o Timão segue a procura de corporações que tenham interesse em ocupar as costas, o shorts e o meião, espaços que ainda seguem limpos nos uniformes.

VAVEL Logo