Robinho evitar falar sobre expulsão de Fred e elogia atuação do Atlético-MG
Robinho teve atuação discreta contra o Cruzeiro (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Um dos principais jogadores do Atlético-MG, o atacante Robinho participou ativamente do clássico contra o Cruzeiro, neste sábado (1º), no Mineirão, até deixar o campo para a entrada de Rafael Moura, aos 30 minutos do segundo tempo.

Companheiro de Fred no comando de ataque do alvinegro, Robinho evitou culpar o camisa 9 pela expulsão que deixou o Atlético com dez jogadores em campo por mais de 70 minutos e ainda ressaltou a importância do centroavante para a equipe.

Claro que não podemos colocar individualizar a culpa. O Fred muitas vezes ajudou a equipe marcando gols. Mas jogamos o segundo tempo inteiro com um jogador a menos”, explicou.

Sobre a atuação do time em campo, Robinho elogiou a postura da equipe mesmo com um jogador a menos e quase ter empatado a partida. Aos 49 do segundo tempo, Rafael Moura chegou a marcar um gol, mas foi pego em posição irregular.

A gente, mesmo com um jogador a menos, e sofrido esse gol bem no começo da partida, não ficou para trás. O Cruzeiro poderia ter dominado a partida, mas não dominou. Nosso time chegou, mas infelizmente não conseguimos marcar mais. Até empatamos no final, mas foi anulado. Não sei se estava impedido”, finalizou.

Robinho e os demais jogadores que atuaram contra o Cruzeiro se reapresentarão apenas na terça-feira (4). Aqueles que não jogaram a partida deste sábado, farão um jogo-treino contra o Betinense, às 16h, na Cidade do Galo.

VAVEL Logo