Fla bate Ferroviária, volta a vencer e garante vaga nas quartas de final do Brasileirão Feminino
Foto: Marcos de Paula/AllSports

Abrindo a 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Feminino Série A1, Flamengo/Marinha e Ferroviária protagonizaram um confronto direto na tarde desta quarta-feira (17), no Estádio da Gávea. Anfitriã, a equipe rubro-negra, terceira colocada do grupo 2 com 18 pontos buscava se recuperar de três derrotas sofridas nas últimas rodadas e se manter no G4 da competição. Isso porque, a Ferroviária, sua equipe adversária, com 14 pontos ganhos vem logo atrás das Meninas da Gávea, ocupando a quarta colocação e buscando garantir classificação para a próxima fase do torneio. Com um jogo muito movimentado, o Flamengo bateu a equipe paulista por 2 a 0 e voltou a respirar aliviado na competição no G4 do grupo 2.

A primeira etapa do embate entre cariocas e paulistas no Estádio da Gávea foi bem equilibrada. Com ambas equipes buscando o gol, as goleiras de Flamengo e Ferroviária tiveram trabalho no primeiro tempo da partida. Logo aos três minutos de bola rolando a Ferroviária levou perigo à meta defendida por Kaká, assustando aos rubro negros presentes na Gávea. 

A partida então tomou caráter equilibrado e morno. Tocando bola prioritamente na área intermediária, as Meninas da Gávea possuíam mais posse de bola e criavam boas chances de gols principalmente com Pâmela e Bárbara. Foi assim aos 14 minutos, quando a atacante rubro negra invadiu a área e chutou forte, parando em excelente defesa da goleira paulista. Sete minutos depois, Bárbara mais uma vez mandou uma bomba em direção à meta de Luciana, mas a bola raspou o travessão. 

Com o jogo muito movimentado, a Ferrovíaria também criava boas jogadas que, quando não paravam na zaga rubro negra, eram defendidas por Kaká, em um excelente dia. Mas, mesmo com as equipes buscando gol, a primeira etapa do confronto terminou com o zero no placar. 

Na volta do intervalo, a partida ganhou ainda mais emoção. Em uma sequência de escanteios para a equipe rubro negra logo no início da etapa, a goleira Luciana teve que trabalhar para não ver o Fla abrir o placar logo após retornar do vestiário. Mas, as Meninas da Gávea reiniciaram a partida pressionando as adversárias paulistas em busca do primeiro gol da partida. E, aos 18 minutos, Jane driblou a zagueira e, de primeira, chutou forte contando com a falha da goleira paulista abriu o placar para as donas da casa. 

A partir do gol, as Meninas da Gávea passaram a dominar a partida. Criando muitas jogadas de perigo principalmente com Pâmela e Tânia Maranhão, o Flamengo levava perigo ao gol das Gurreiras Grenás. E, na reta final da partida, aos 40 minutos do segundo tempo, Emilião cobrou escanteio, e desta vez Tânia Maranhão não desperdiçou e mandou para o fundo da rede, ampliando o plarcar e fazendo o Flamengo voltar a encontrar o caminho da vitória e garantindo classificação para próxima fase da competição.

O que a Ferroviária precisa fazer para se classificar?
Atualmente no G-4, as Guerreiras Grenás têm 14 pontos, mesmo número do São José, mas estão na frente por terem sofrido um gol a menos do que as rivais paulistas. A Ferroviária ainda enfrenta o Foz Cataratas e o líder Rio Preto na última rodada da Primeira Fase.

VAVEL Logo