Sem tempo para descanso, atletas do Bahia se reapresentam visando jogo contra Cruzeiro
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O mês de junho será marcado pela intensa quantidade de jogos a serem disputados pelo Campeonato Brasileiro da Série A. Mal teve tempo para celebrar a vitória sobre o Atlético-GO na última segunda-feira (5), o elenco do Bahia já se reapresentou, uma vez que encara o Cruzeiro às 21 horas da próxima quinta-feira (8), em mais um jogo válido pela competição nacional e disputado na Arena Fonte Nova. Em vista do pouco tempo entre as partidas, todos os atletas do elenco tricolor estiveram no Fazendão para as primeiras atividades de olho na quinta rodada.

Os atletas titulares realizaram um trabalho na academia, com o objetivo de regenerar o condicionamento físico para adquirirem a forma ideal para entrarem em campo daqui a dois dias. As atividades foram feitas também na fisioterapia, na piscina aquecida e nos barris de gelo. O único que não participou dessa atividade foi o volante Edson. O jogador, substituído durante o primeiro tempo na vitória contra o rubro-negro goiano, foi submetido a exames e teve diagnosticado um estiramento moderado no ligamento colateral medial do joelho direito. Apesar da lesão, não será realizado procedimento cirúrgico. O departamento médico não informou o prazo de recuperação do atleta.

Foto: Felipe Oliveira|EC Bahia

Por outro lado, os atletas que entraram em campo no decorrer da partida e os reservas realizaram um jogo-treino contra a equipe sub-20. A novidade foi a presença do atacante colombiano Mendoza. O time que encarou os atletas das categorias de base baiana foi montado com Anderson (Rafael Santos); Harold, Rodrigo Becão, Éder e Juninho Capixaba; Feijão, Matheus Sales e Gustavo Ferrareis; João Paulo, Maikon Leite (Mendoza) e Gustavo (Matheus Peixoto).

Em entrevista coletiva, o volante Renê Júnior comentou sobre vários assuntos. Autor do primeiro gol no triunfo da última rodada, o jogador destacou o belo tento assinalado, além de comentar a boa fase no Bahia e elogiar o técnico Jorginho, que estreou no comando técnico da equipe na última segunda-feira (5).

"A cada jogo eu tenho evoluído. Pude dar um improviso ali, entrar na área, que eu sempre me cobro, poder entrar na área. Eu pude ser feliz, fazer o gol e ajudar o Bahia, que é o mais importante. Jorginho é um treinador vencedor, nós sabemos da qualidade que ele tem, que ele veio agregar para o grupo. Receber um elogio desse é bom, só motiva a gente a querer trabalhar mais, ter um nível alto. Até porque, se um joga mal, já é vaiado. A gente sabe como é o futebol, é muito rotativo. Já passei por algumas situações, sei que as críticas levam a crescer, assim como os elogios", afirmou o volante.

Foto: Felipe Oliveira|EC Bahia

Para o confronto diante do Cruzeiro, a lista de desfalques aumentou. Além do volante Edson, o lateral-direito Wellington Silva, o zagueiro Jackson, o meia Régis e o atacante Hernane Brocador estão no departamento médico. O lateral-esquerdo Pablo Armero está com a Seleção da Colômbia em disputa de amistosos internacionais.

Assim, o técnico Jorginho deve promover a entrada de Juninho no lugar de Edson no duelo contra a Raposa. Dessa forma, o time titular deve contar com Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Juninho, Allione, Vinícius e Zé Rafael; Edigar Junio.

VAVEL Logo