Fluminense anuncia saída de Pedro Antonio da vice-presidência de projetos especiais
(Foto: Nelson Perez/Fluminense)

O Fluminense anunciou na manhã desta quarta-feira (28), por meio de nota oficial, o desligamento de Pedro Antonio da vice-presidência de projetos especiais. Ele estava no cargo desde 2014 e foi o grande responsável pela construção do Centro de Treinamento, que atualmente leva seu nome. O clube agradeceu Pedro Antonio pelos serviços prestados, mas não revelou o motivo de sua saída.

''O Fluminense Football Club anuncia a saída de Pedro Antonio Ribeiro da Silva do cargo de Vice-Presidente de Projetos Especiais. O clube agradece sua atuação e dedicação nos últimos anos'', diz a nota oficial.

O responsável pelo CT também tinha planos de construir um estádio para o Fluminense: uma arena no Parque Olímpico, com capacidade entre 18 e 22 mil pessoas e custo de aproximadamente R$ 100 milhões. O projeto, até então secreto, veio à tona no último sábado. Desde então, Pedro Antonio, sem o consentimento do clube, tem dado detalhes sobre o sonho da casa própria Tricolor, fato que causou uma crise interna entre ele e outros integrantes da gestão do presidente Pedro Abad.

Flu usaria estrutura do Estádio Aquático para a construção de estádio no Parque Olímpico (Foto: Reprodução)
Flu usaria estrutura do Estádio Aquático para a construção de estádio no Parque Olímpico (Foto: Reprodução)

Esse não foi o primeiro desligamento de Pedro Antonio do Fluminense. Em 2014, no ano em que assumiu o cargo, ainda na gestão de Peter Siemsen, ele havia se afastado após acumular funções e se desgastar com diretores. Ainda nesta quarta-feira, o presidente Pedro Abad irá se pronunciar oficialmente sobre a saída de Pedro Antônio.

VAVEL Logo