No palco da decisão: Cruzeiro programa treino para o Maracanã antes de duelo contra Flamengo

Cruzeiro e Flamengo vão abrir, às 21h45 da próxima quinta-feira (7), os primeiros 90 minutos da final da Copa do Brasil de 2017. Sob os pés das equipes, estará o gramado do majestoso Estádio Maracanã, palco da partida de ida da decisão. Antes, porém, na quarta (6), a Raposa já se programou para realizar um treinamento no cenário do duelo decisivo contra os cariocas.

Na própria quarta, a equipe comandada pelo técnico Mano Menezes viaja para o Rio de Janeiro, onde treina às 18h do mesmo dia. O time titular da Raposa foi poupado do último compromisso do time, a eliminação para o Londrina na Copa da Primeira Liga. Os atletas Fábio, Ezequiel, Léo, Murilo, Diogo Barbosa, Henrique, Hudson, Robinho, Arrascaeta, Thiago Neves, Alisson, Rafael Sóbis e Raniel sequer viajaram para o Paraná, justamente pela decisão contra o Flamengo.

Quem também foi poupado, além dos jogadores citados, mas por um motivo diferente de uma simples precaução, foi o volante Lucas Romero. Opção titular de Mano para a lateral direita da Raposa, o argentino sofreu uma pancada no tornozelo ainda na partida de ida da semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio, e corre contra o tempo em busca de sua recuperação. Nesta segunda, ficou de fora dos treinos da equipe, mas são aguardados os trabalhos desta terça para uma definição se ele estará ou não apto para jogar no Rio.

A equipe que deve ir a campo contra o Flamengo, aparentemente, não tem muito mistério. Além da dúvida quanto à disponibilidade de Lucas Romero, que tem a chance de ser substituído pelo lateral Ezequiel caso não se recupere, tem o ataque da Raposa, que pode ter Rafael Sóbis ou Raniel. Os dois vivem momentos distintos, estando o primeiro há mais de dois meses sem marcar, e o segundo em boa fase.

Com isso, diante dos flamenguistas, o time mineiro deve jogar com Fábio; Ezequiel (Lucas Romero), Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Hudson, Henrique, Robinho, Thiago Neves e Alisson; Rafael Sóbis (Raniel). Enquanto a Raposa busca seu quinto título, o que a colocaria ao lado do Grêmio como os maiores campeões da Copa do Brasil, o rubro-negro carioca almeja sua quarta conquista do torneio nacional - o que o faria chegar ao mesmo número de títulos do Cruzeiro atualmente.
 

VAVEL Logo