Singela homenagem: Fluminense 'aposenta' camisa 12 para goleiros durante gestão Abad
Foto: Divulgação/Fluminense FC

O clima entre a diretoria do Fluminense e Diego Cavalieri é conturbado, mas o clube anunciou uma singela homenagem nesta sexta-feira (19): o clube não usará mais a camisa 12 entre os goleiros durante as próximas duas temporadas. No entanto, o número segue válido para os jogadores de linha.

A camisa 12 é marcante por ser o número usado por Cavalieri durante os seis anos que esteve no Fluminense. Pedro Abad afirmou que a homenagem já estava planejada e negou que o anúncio seja feito devido as declarações do goleiro que criticou fortemente o tratamento da diretoria na sua saída.

"Neste ano, nossos goleiros não vão usar a camisa 12. Era algo que já estava pré-estabelecido. Uma pena que a gente esteja divulgando isso a posteriori da fala dele, pode parecer até um certo casuísmo, mas já estava previsto", declarou Abad.

O Fluminense usará numeração fixa durante a temporada. A medida vale até o fim de 2019, quando termina a gestão Abad na presidência. Na Flórida Cup, ninguém usou a camisa 12. Marcos Felipe ficou com a 1, Júlio César usou a 22 e Marcelo esteve com a 34. 

VAVEL Logo