Campeonato Mineiro de 2018: tudo o que você precisa saber sobre Atlético-MG x Cruzeiro
Fotos: Bruno Cantini/Atlético-MG e Washington Alves/Light Press/Cruzeiro / Fotomontagem: Isabelly Morais/VAVEL Brasil

Há quem diga que clássico nem precisa de motivo para acontecer. Um Atlético-MG x Cruzeiro, por exemplo, terá sempre um sabor especial por ser o confronto mais importante de todo o estado de Minas Gerais. A Arena Independência vai receber, neste domingo (4), os rivais mineiros mais uma vez, às 11h, pela nona rodada do Mineiro.

O mando é do Galo, que terá sua torcida de forma majoritária: 90%. Mais de 20 mil ingressos foram disponibilizados para a massa atleticana, que já os adquiriu quase que de forma integral. A torcida celeste, por sua vez, vai representar quase 10% dos presentes, tendo comprado toda a carga de 1800 entradas disponibilizadas.

O que vale?

O clássico deste domingo é válido pela nona rodada do Estadual e vai confrontar as equipes em situações distintas no Mineiro. O Cruzeiro é líder, com 22 pontos, sendo o único time que ainda não perdeu na atual edição do torneio. Por outro lado, o Atlético tem 12 pontos de 24 disputados, o que representa 50% de aproveitamento. O Galo é o terceiro colocado, estando atrás do América e da Raposa.

O time alvinegro vem de vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Já o Cruzeiro chega ao clássico depois de perder por 4 a 2 para o Racing, da Argentina, pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores da América.

|| ATLÉTICO-MG

- Técnico: Thiago Larghi

Sem chances de tomar a ponta do Cruzeiro, o Galo quer pelo menos alcançar a vice-liderança do Mineiro. Com dois pontos a menos que o América, segundo colocado, o time alvinegro conta com um revés americano, além de seu próprio triunfo, para tal. A escalação do Atlético não deve ser diferente da que bateu o Figueira, o que representaria a quarta repetição desta formação pelo interino Larghi.

- Fique de olho: Ricardo Oliveira
O atacante do Galo, que no começo do ano era a grande promessa de gols do time, ainda não engatou uma sequência goleadora, mas segue sendo um dos jogadores mais perigosos do ataque atleticano. Com quatro gols em nove jogos neste ano, Ricardo Oliveira chegou ao Galo na atual temporada e joga entre os zagueiros adversários, mais centralizado.

- Desfalques: Giovanni, Uilson, Clayton e Yago (departamento médico).

- Pendurado: Otero.

- Provável escalação: Victor; Patric, Léo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Elias, Adílson, Roger Guedes, Otero e Erik; Ricardo Oliveira.

|| CRUZEIRO

- Técnico: Mano Menezes

O Cruzeiro perdeu sua invencibilidade em 2018 ao ser batido pelo Racing, mas ainda segue invicto no Estadual. Neste domingo, o técnico Mano Menezes terá o retorno de Fábio, que se ausentou do jogo contra o argentinos pelo falecimento do pai, e ainda dúvidas para mexer no seu ataque: Rafael Sóbis ou Raniel, um deles substituirá o lesionado Fred. O meia 

- Fique de olho: Rafinha
Artilheiro do Cruzeiro no Campeonato Mineiro e em 2018 com cinco gols, Rafinha vem surpreendendo pelo ótimo começo de temporada. O meia marcou contra Tupi, Uberlândia (2), Tombense e Villa Nova. Versátil, atua pela esquerda e pela direita, sendo o primeiro setor citado a área na qual o jogador deve começar no clássico.

- Desfalques: Ezequiel (preparação física), David e Sassá (transição) e Manoel (dores no tornozelo).

- Pendurados: Edílson.

- Provável escalação:  Fábio; Edílson, Léo, Murilo e Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Arrascaeta (Thiago Neves) e Rafinha; Rafael Sóbis (Raniel).

Arbitragem

O clássico deste domingo será apitado por Cleisson Veloso Pereira (CBF), auxiliado por Felipe Alan Costa Oliveira (CBF) e Marcyano da Silva Vicente (CBF).

VAVEL Logo