Avaí bate Joinville e continua grande campanha como visitante em 2018
Foto: Beto Lima/Joinville EC

Avaí continua com uma grande campanha fora de casa na temporada. Diante do Joinville, o Leão venceu por 2 a 0 pela 11ª rodada do Campeonato Catarinense. Foi a sétima vitória avaiana fora de casa em novo jogos longe da Ressacada em 2018. Rômulo e Marquinhos, de falta, marcaram os gols na Arena Joinville.

O primeiro tempo foi de poucas chances e muito contato, até pelo gramado encharcado na Arena. O Avaí teve mais posse de bola desde o início, mas a primeira chance foi do JEC. Aos 8, Elias fez jogada individual pela esquerda e arriscou chute cruzado, mas Aranha caiu e deu um tapa para afastar.

O momento mais movimentado do jogo foi após os 18. Guga tabelou com Maurinho, saiu dentro da área e finalizou no canto, parando em boa defesa de Matheus. Na sequência, após contra-ataque puxado pela direita, Elias levantou no meio da área e Grampola cabeceou sozinho, por cima do gol avaiano. Aos 19, Judson recebeu de Moritz na entrada da área e arriscou de fora, perto do ângulo do Joinville.

Apesar de o Avaí tentar trabalhar mais com a posse de bola, o Joinville encontrou nas bolas aéreas uma alternativa para assustar. Aos 31, Dick cruzou da direita, Grampola ganhou no alto e desviou de cabeça, por cima do gol. Já aos 42, Murilo Rangel bateu falta lateral para a área e Evaldo subiu alto no meio da área, cabeceando para boa defesa de Aranha, a última chance mais clara do primeiro tempo.

Logo aos dois da segunda etapa, em cobrança ensaiada de falta, João Paulo tabelou com Rômulo e tocou no meio da pequena área para o atacante completar para o gol, e abrir o placar em Joinville. O gol abriu mais espaços para o Avaí, que passou ter mais chances e, apesar da tentativa do JEC de assustar mais, o Leão foi o time mais perigoso.

Aos 8, Guga recebeu de Maurinho pela direita, avançou até a linha de fundo e cruzou para Rômulo, que apareceu livre na pequena área, mas pegou mal e mandou longe. No minuto seguinte, Madson recebeu pela esquerda de Murilo Rangel e bateu forte, invadiu a área e bateu cruzado, mas parou em Aranha. Aos 12, Elias recebeu dentro da área e bateu colocado, mas Aranha espalmou para o lado. No rebote, Grampola desviou de cabeça, mas à direita do gol.

O Joinville chegou a assustar, mas a maioria das finalizações foi facilmente defendida ou sem muita direção. Aos 17, Murilo Rangel recebeu na entrada da área e finalizou no meio do gol, para defesa segura de Aranha. Já aos 26, em seu primeiro toque na bola após sair do banco, Marquinhos bateu falta lateral no ângulo de Matheus e ampliou a vantagem avaiano. A partir daí, o Avaí teve mais espaços e quase chegou a ampliar.

Aos 34, Lovat chegou até a linha de fundo e cruzou para trás para Marquinhos, que recebeu livre na entrada da área e bateu colocado, acertando a trave de Matheus. Três minutos depois, em falta cobrada por Jean Felipe, Evaldo esticou a perna na segunda trave e desviou no canto, mas parou em Aranha. Aos 42, Lovat recebeu grande lançamento de Marquinhos, saiu na cara do goleiro e tentou por cobertura, mas mandou por pouco à direita. Assim, o placar se manteve 2 a 0, e o Avaí conseguiu mais uma vitória na luta pelo título catarinense.

Com 20 pontos, o Leão continua em 3º lugar, quatro atrás dos líderes Chapecoense e Figueirense - o segundo ainda enfrenta o Tubarão na rodada. O Joinville permanece em 4º, com 16.

O Joinville volta a campo na quarta-feira (7), quando visita o Inter de Lages, no Tio Vida, às 21h. Na quinta-feira (8), o Avaí volta a jogar na Ressacada, diante do Hercílio Luz, às 21h.

VAVEL Logo