Ricardo Oliveira descarta 'jogar com o regulamento debaixo do braço' contra América-MG
Oliveira desperdiçou boas chances de gol na partida (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

O Atlético reverteu a vantagem do América no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Mineiro. O Galo bateu o Coelho por 1 a 0, nessa quinta-feira (22), no Independência. Os aproximados 15 mil pagantes viram Cazares abrir o marcador e deixar o time atleticano a um empate da final.

Mesmo com diversas oportunidades claras de gol desperdiçadas e vencendo pelo palcar mínimo, o atacante  RIcardo Oliveira exaltou o bom resultado conquistado.

”Estou satisfeito. Nosso volume foi bom. Controlamos o jogo, criamos muitas oportunidades e no final vencemos. Era esse o nosso objetivo como mandante, mas temos mais 90 minutos no domingo," comentou.

Com a vantagem invertida, o experiente camisa 9 sabe que a equipe não poderá jogar com o 'regulamento debaixo do braço': terá que atacar o Coelho e administrar a partida de forma consciente.

"Vamos analisar o jogo de domingo a proposta deles. Não vamos jogar com o regulamento debaixo dos braços e nem sair como loucos para matar o jogo. não vamos fugir das nossas características. Vamos buscar o gol”, disse.

Caso perca por um gol de diferença, a disputa da vaga será decidida nos pênaltis. Vice-líder na fase classificatória o América possuia uma vantagem de dois placares pelo mesmo saldo, porém, o Atlético revertou a situação ao vencer o primeiro jogo.

A segunda partida será realizada no domingo (25), às 16h, com o mando de campo do América, que também jogará na Arena Independência. 

VAVEL Logo