Por uso de medicamento proibido, Maidana é afastado do Atlético-MG por tempo indeterminado
Foto: Divulgação/Atlético

O Atlético-MG não poderá contar com o zagueiro Iago Maidana na reta final do Campeonato Mineiro. O médico do clube, Dr. Marcos Vinícius, comunicou o afastamento do jogador por tempo indeterminado na tarde desta sexta-feira (30). O defensor usou uma substância proibida pelo World Anti-Doping Agency (WADA), órgão responsável pelo controle da dopagem, e fica fora da final do Estadual. 

O defensor procurou um médico fora do clube para tratar uma otite e fez uso de um medicamento com substância proibida pelo órgão mundial. Em consulta a CBF, o Galo decidiu afastar o atleta das partidas.

Sem Maidana, o técnico Thiago Larghi perde uma opção no banco para o clássico contra o Cruzeiro. Os titulares Gabriel e Léo Silva estão pendurados e os jovens Matheus Mancini e Bremer ficam à disposição do treinador.

Confira na íntegra o comunicado do Dr. Marcos Vinícius:

"Toda pré-temporada nós informamos para os jogadores todas as normas que precisam ser seguidas para que o clube funcione de forma organizada. Nesse comunicado, está incluído a visita e o uso de medicamentos prescritos fora dos médicos do clube. Pois bem, depois do episódio do Otero, nós fizemos uma segunda reunião e agora realizamos uma terceira. Para a nossa surpresa, durante a folga da segunda-feira, o atleta Iago Maidana procurou um médico individual para olhar uma otite e o médico, sem o conhecimento das práticas do esporte, medicou o atleta com um medicamento que é proibido pela WADA, que é o órgão responsável pelo controle de dopagem. Nós fizemos uma consulta junto à CBF e foi confirmado que o atleta está temporariamente afastado de qualquer competição até que a gente tenha a segurança que o medicamento foi eliminado do organismo dele."

VAVEL Logo