Jogadores do Brasil de Pelotas lamentam expulsão e falam em "dar uma resposta ao torcedor"
Foto: (Jonathan Silva/ Brasil de Pelotas)

A expulsão do lateral-direito Eder Sciola foi sem dúvidas a questão mais polêmica da primeira partida da final do Campeonato Gaúcho entre Grêmio e Brasil de Pelotas, e foi o principal assunto tratado pelos jogadores do Xavante após a goleada de 4 a 0 sofrida no último domingo (2).

+Grêmio faz quatro no Brasil de Pelotas e está com uma mão na taça do Campeonato Gaúcho

O experiente volante Leandro Leite lamentou a expulsou e já projetou a partida do próximo domingo no estádio Bento Freitas.

"Gaúcho jogando 11 contra 11 já era difícil. Fizemos um primeiro tempo perfeito, marcando certo e no contra-ataque. Infelizmente, erramos. Fomos derrotados e agora é levantar a cabeça. Trabalhamos até agora e precisamos vencer o jogo em casa. Seja 1 a 0, 2 a 0, precisamos vencer e dar esta resposta ao nosso torcedor", projetou Leandro Leite.

O Goleiro Marcelo Pitol criticou o critério do árbitro Anderson Daronco.

"É difícil falar neste momento. Levamos uma goleada no segundo tempo depois de fazer um bom jogo no primeiro. No primeiro tempo, o Daronco não apitava com o mesmo critério. Jogar com um cara a menos, contra o Grêmio, uma grande equipe, é complicado", criticou o goleiro.

O lateral-esquerdo Artur assumiu que ficou complicado.

"Ficou complicado. Jogamos com um jogador a menos, tomamos um gol muito cedo. Tem mais 90 minutos e não tem nada impossível no futebol", resumiu Artur. 

O zagueiro Heverton comentou que a expulsão de Eder Sciola foi desnecessária. Para o defensor, o jogo mudou a partir da saída do lateral.

"Foi um bom jogo no primeiro tempo, mas a expulsão não precisava. O gol deles saiu cedo e isso nos desestabilizou, mas vamos trabalhar para reagir", concluiu. 

A segunda partida da final do Campeonato Gaúcho acontece no próximo domingo (8) às 16 horas, no estádio Bento Freitas em Pelotas. Para ser campeão o Xavante precisa de uma vitória por 5 gols de diferença, 4 de diferença leva a decisão para os pênaltis.

VAVEL Logo