Em preparação para o clássico, Thiago Larghi pede cautela ao Atlético-MG e elogia adversário
Foto: Bruno Cantini/Atlético

Em ritmo de preparação para a final do Campeonato Mineiro, o Atlético-MG segue treinando forte na Cidade do Galo. Após construir a vantagem por 3 a 1 na partida de ida, o Alvinegro precisa apenas de um empate para se sagrar campeão. Apesar do favoritismo atleticano nos números, o técnico Thiago Larghi ressaltou a qualidade da equipe celeste.

"A nossa preparação parte do mesmo princípio. O grupo está consciente de que será um jogo difícil, com uma equipe forte do outro lado. Então a gente tem que continuar se concentrando em defender nos pontos em que é preciso defender, mas buscando o ataque, pra conquistar a vitória", disse.

No primeiro jogo da final, o Atlético soube explorar o ponto fraco do Cruzeiro: a bola parada. Assim como na derrota celeste para o Racing, a Raposa também teve dificuldades de se defender em jogadas de bola parada contra o Galo. Como resultado, o Alvinegro balançou as redes em três ocasiões. 

Apesar de ter explorado o erro adversário, Thiago Larghi acredita que seus comandados ainda precisam melhorar. Com discurso cauteloso, o treinador reforçou a importância de manter os 'pés no chão'.

"A gente procura alguns detalhes que ainda é possível melhorar, coisas que a gente deveria ter feito, mas não fez. Trabalhar em cima de um padrão de jogo que é o que estamos fazendo. A gente sabe que é muito difícil montar um time em cima de um padrão de jogo, uma segurança naquilo que faz, então a gente está com o pé no chão, sabendo que cada jogo é um jogo", completou.

No comando do Atlético há quase dois meses, Thiago Larghi tem a dura missão de recolocar a equipe alvinegra nos trilhos. Após a conturbada demissão de Oswaldo de Oliveira, o treinador assumiu o Galo de forma interina. Mesmo com a evolução e o bom desempenho da equipe no Campeonato Mineiro e na Copa do Brasil, Larghi ainda não foi efetivado.

"A minha preparação foi para ser auxiliar técnico do clube, mas a partir do momento em que me foi confiado e houve a necessidade assumir como treinador, eu assumi e procuro exercer da melhor maneira possível", concluiu.

O segundo jogo da final do Mineiro contra o Cruzeiro acontecerá no próximo domingo (8), às 16h, no Mineirão.

VAVEL Logo