Pelo terceiro ano consecutivo, Atlético-PR e Coritiba decidem Campeonato Paranaense
(Foto: Comunicação / Coritiba Foot Ball Club)

Neste domingo (8), Atlético-PR e Coritiba se enfrentam pele terceiro ano consecutivo para definir quem conquistará o Campeonato Paranaense de 2018. A partida de será disputada na Arena da Baixada, às 16h. A primeira partida da final, jogada no Couto Pereira no último domingo (31), terminou com a vitoria da equipe Coxa-Branca por 1x0, com gol foi marcado por Julio Rusch.

Furacão com força máxima

A derrota para o Coritiba acabou com a invencibilidade da equipe rubro-negra no momento mais decisivo desse início de temporada. Apesar do revés, o comandante da equipe no estadual Tiago Nunes mostrou confiança na sua equipe e acredita que a tranquilidade pode ser uma arma para o Furacão.

Estou muito tranquilo. Não é o que a gente gostaria, os atletas ficaram chateados porque temos certeza que poderíamos ter tido um melhor resultado. Serve de aprendizado. Podemos reverter o placar diante da nossa torcida. Temos que ter a capacidade de manter a tranquilidade com esse momento e saber que vamos enfrentar uma equipe bem armada na volta”, comentou o treinador.

O Furacão terá a volta do volante e capitão da equipe Deivid, que estava suspenso na primeira partida. Pierre, que entrou no seu lugar, vai retornar ao banco de reservas. Com todos os jogadores a disposição, o treinador da equipe rubro-negra vai com força máxima para levantar a taça.

A provável escalação da equipe deve ser a seguinte: Caio; Diego Ferreira, Zé Ivaldo, Léo Pereira e Renan Lodi; Deivid, Bruno Guimarães e Matheus Anjos; João Pedro, Marcinho e Éderson.

Coxa cheio de mistério

O Coritiba luta para manter a hegemonia no estadual. Depois de largar na frente na final, Sandro Forner, treinador alviverde, falou a respeito da condição física de seus atletas. Kléber e Iago voltam a ficar a disposição do treinador alviverde, que fez mistério e não revelou quem deve ir a campo.

Essa questão do mistério do time é como eu penso também sobre a motivação. Pelo tempo que tem que jogar, talvez não seja uma coisa relevante. Por isso, eu não escondo o time. Só não vou revelar o time hoje porque ainda temos algumas dúvidas de questões físicas. Só por isso não vou revelar o time, mas a maioria jogou no domingo”, frisou o comandante que também falou sobre a vantagem conquistada na primeira partida: “A vantagem é sempre uma vantagem, mas é só de um gol e não podemos ficar contando com isso”, concluiu.

Em busca do bicampeonato, o atual campeão estadual deve manter a base dos últimos jogos e ir a campo com a seguinte equipe: Wilson; Marcos Moser, Romércio, Thalisson Kelven e Léo Andrade; João Paulo; Julio Rusch, Matheus Galdezani e Thiago Lopes; Pablo e Kleber (Evandro).

Cirscunstâncias e arbitragem

O Furacão precisa de uma vitoria por dois gols diferença para se sagrar campeão paranaense de 2018, a vitoria simples leva a partida para os pênaltis. O Coritiba conquistou a vantagem depois de ganhar a primeira partida e pode ser campeão com um empate. 

VAVEL Logo