Para sempre! Del Nero é banido pela Fifa de qualquer atividade relacionada ao futebol
(Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Para sempre! Del Nero é banido pela Fifa de qualquer atividade relacionada ao futebol

Ex-presidente da CBF, afastado pela entidade máxima do futebol desde dezembro, é investigado por suposto envolvimento em um esquema de corrupção, junto com José Maria Marin

rafalisboa
Rafael Lisboa

Uma semana após a eleição de Rogério Caboclo para a presidência da CBF, o ex-presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, foi banido para sempre de qualquer atividade relacionada ao futebol, nesta sexta-feira (27). O banimento foi anunciado nessa manhã pela Fifa, e segue a mesma linha da decisão tomada contra José Maria Marin, também ex-presidente da CBF. Além disso, o dirigente terá que pagar uma multa de 1 milhão de franco suíços (R$ 3,5 milhões).

Del Nero é acusado de ter recebido subornos para favorecer contratos de empresas de mídia e marketing para a realização de torneios de futebol, incluindo a Copa do Brasil, Libertadores e a Copa América. Na nota oficial divulgada pela Fifa, o ex-presidente foi acusado de violar os seguintes artigos do Código de Ética da entidade máxima do esporte: 21 (suborno e corrupção), 20 (oferecer ou aceitar presentes ou outros benefícios), 19 (conflitos de interesse), 15 (lealdade) e 13 (regras gerais de conduta).

Marco Polo estava cumprindo a segunda suspensão imposta pelo comitê de ética da Fifa - a primeira foi de 90 dias, e a segunda de 45 - desde o anúncio do afastamento em dezembro do ano passado. Após o início da punição, o cartola articulava nos bastidores a eleição de seu sucessor. Após alguns nomes serem discutidos, ficou decidido que Rogério Caboclo seria o indicado e apoiado para o cargo.

Em reunião na sede da CBF na semana passada, Caboclo foi o único candidato e se elegeu com apoio de todas as federações estaduais, e de 37 dos 40 clubes das séries A e B (apenas Corinthians, Flamengo e Atlético-PR não votaram no dirigente). O novo presidente da confederação brasileira assumirá no dia 19 de abril. Até lá, Coronel Nunes continuará comandando a entidade.

Leia o comunicado da Fifa sobre a punição a Marco Polo Del Nero:

A câmara adjudicatória do Comitê de Ética independente baniu por toda a vida o Sr. Marco Polo Nero, presidente da confederação brasileira (CBF), de todas as atividades relacionadas ao futebol (administrativas, esportivas ou qualquer outra) tanto em nível nacional quanto internacional.

A investigação contra o Sr. Del Nero foi aberta em 23 de novembro de 2015 e refere-se, "inter alia", a esquemas em que ele recebeu subornos em troca de seu cargo na concessão de contratos para empresas para os direitos de mídia e marketing de vários torneios de futebol, incluindo a Copa América, a Copa Libertadores da América e a Copa do Brasil.

A câmara adjudicatória concordou com as recomendações da câmara de investigação e considerou o Sr. Del Nero culpado de ter violado o art. 21 (Suborno e corrupção), art. 20 (Oferecer e aceitar presentes e outros benefícios), art. 19 (Conflitos de interesse), art. 15 (lealdade) e art. 13 (Regras gerais de conduta) do Código de Ética da FIFA.

Como consequência, o Sr. Del Nero está banido por toda a vida de todas as atividades relacionadas ao futebol (administrativa, esportiva ou qualquer outra), tanto a nível nacional e internacional. Além disso, uma multa no valor de 1 milhão de francos suíços foi imposta a Del Nero.

A decisão foi notificada a Del Nero hoje, e a proibição entrou em vigor imediatamente após a notificação.

VAVEL Logo
    CHAT