Léo pede paciência sobre evolução do Bahia e comenta gol nos acréscimos contra Atlético-MG
Foto: Felipe Oliveira

Léo pede paciência sobre evolução do Bahia e comenta gol nos acréscimos contra Atlético-MG

Cobrança de lateral fez surgir o gol do empate do Bahia no finalzinho do jogo

miguel-angelo
Miguel Inácio

O empate do Bahia contra o Atlético-MG, na última segunda-feira, foi marcado por gols na reta final. E, mais do que isso, o último gol da partida, já nos acréscimos, foi originado pela marca registrada de Léo, cobrança direta de lateral para a área adversária.

Em entrevista, o lateral-esquerdo ressaltou a importância do uso de jogadas diferentes para surpreender o adversário.

"No treino, agora sim os treinadores viram que tenho potencial forte estão fazendo jogadas para surpreender o adversário. No Ba-Vi teve uma jogada que Vinícius chutou e a bola subiu. Tem a jogada em que o zagueiro raspa. E tem outras que não vou passar, é mais uma arma para a gente. Espero que continue dando certo. Tem que ir jogo a jogo. Tem que ser guerreiro jogo a jogo. Às vezes o time não está indo bem tecnicamente, sempre passo que tem que ir na raça, na vontade, para suprir o que não está dando certo na técnica", disse.

Léo revelou também que tem recebido pedidos para chutar mais de fora da área e mostrou entusiasmo.

"Tanto a comissão técnica quanto o torcedor me mandam mensagens e dizem que subo com força. Que nem sempre é pra passar, às vezes é pra chutar. Ver o que vai dar. Tenho guardado isso também. Parece que não, mas uma palavra ou outra, se o cara filtrar bem, vai ajudar. Nesse jogo chutei umas duas ou três em direção ao gol. Pode ser que dê alguma coisa, um rebote para o nosso centroavante fazer o gol. A comissão e alguns torcedores têm me pedido e eu tenho acreditado. Não adianta todo mundo falar e eu não acreditar no meu potencial".

Sobre a evolução do time, o lateral falou sobre o bom comportamento do time em campo e que a filosofia do técnico recém-chegado, Enderson Moreira, está começando a aparecer.

"O que passou não podemos mudar mais. Podemos mudar daqui para frente. Contra a Chapecoense, o Bahia se portou melhor em campo. São quatro jogos que estamos nos comportando bem. Sempre tem um momento mau, mas também tem momento bom. Tivemos momento bom, depois tivemos um momento mau, agora é momento bom de novo. Consciência de que cada jogo é uma final. Assim que estamos levando o ano. O Bahia está muito mais preparado. Quanto mais passa a temporada, vamos pegando confiança, trabalhando mais. O conceito de Enderson está começando a acontecer. No Brasil queremos resultado muito rápido, não tem tempo para trabalhar. Acho que está dando tudo certo. Esse caminho que temos que seguir".

 Para os dois próximos jogos do tricolor porém, Léo não deve entrar em campo. O jogador está suspenso pela Copa do Brasil e não pode atuar contra o Palmeiras nessa quinta-feira. Já contra o Fluminense, pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o lateral é desfalque não joga porque pertence à equipe carioca.

VAVEL Logo

Esporte Clube Bahia Notícias

há 13 dias
há 13 dias
há 19 dias
há 22 dias
há 22 dias
há 23 dias
há 23 dias
há um mês
há 21 dias
há um mês
há um mês