Atlético-MG recorre ao STJD e consegue liberar atletas para jogo contra Internacional

Clube mineiro consegue efeito suspensivo para Elias e Galdezzani e a dupla está liberada para a partida desta segunda; Punição havia sido dada por reclamações sobre a arbitragem

Atlético-MG recorre ao STJD e consegue liberar atletas para jogo contra Internacional
Foto: Bruno Cantini / Atlético

O Atlético-MG terá reforços para a partida contra o Internacional, na noite desta segunda-feira. Os meias Elias e Matheus Galdezzani, que foram suspensos após criticas a arbitragem, tiveram efeito suspensivo aprovados no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) nesta manhã, e estão liberados para atuar.

O presidente Sérgio Sette Câmara foi punido por uma multa de R$ 15 mil, consequência de ter ido ao Twitter e, em um post, chamou o árbitro Péricles Bassols de “vagabundo, ladrão e mal intencionado” e classificou a CBF como “lixo”. Ele ainda pediu a troca da comissão de arbitragem da entidade.

Os incidentes foi no confronto com o Palmeiras, no dia 22 de julho, que também envolveram os volantes. Elias havia sido suspenso por dois jogos por causa de uma entrevista após o jogo, quando comentou que o Galo foi "assaltado". Já Matheus Galdezani levou o cartão vermelho por xingar o árbitro Péricles Bassols.

O departamento jurídico do clube mineiro formulou um pedido de reconsideração ao STJD, que acatou a decisão. As reclamações dos atletas do time alvinegro foram em relação ao último lance da partida. A arbitragem havia marcado falta de Ricardo Oliveira em Edu Dracena, na sequência do lance o Verdão marcou o gol da vitória.