Otimista, Ramon projeta engrenada do Vasco: "Filme está se repetindo"
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Otimista, Ramon projeta engrenada do Vasco: "Filme está se repetindo"

Lateral lembrou o feito do ano passado, em que a equipe passou por mudanças no comando técnico e ao fim conquistou a vaga para Libertadores

ygorangel
Ygor Rangel

 

O Vasco não vive um bom momento no Campeonato Brasileiro, nos últimos quatro jogos foram três derrotas e apenas uma vitória. É bem verdade que a equipe de São Januário possui dois jogos a menos em relação a maioria dos times na competição, porém na opinião de um dos líderes do elenco vascaíno, o lateral-esquerdo Ramon, a equipe não pode apoiar-se nesse argumento e deve reagir no campeonato o quanto antes.

“É indignação. Podemos fazer os pontos que estamos disputando. Não podemos nos proteger dizendo que temos dois jogos a menos. Precisamos viver a realidade que estamos hoje na competição e trabalhar para sair dela.”, comentou o defensor.

O técnico Jorginho terá um tempo maior para corrigir os erros da equipe antes do próximo confronto, isso porque o Vasco só jogará pela décima nona rodada do Campeonato Brasileiro, na segunda-feira (20), às 20h, em São Januário, em jogo que fecha a rodada e o primeiro turno da competição. O lateral também comentou sobre a possibilidade dos Cruz-maltinos já entrarem em campo estando na zona de rebaixamento.

“Infelizmente, na segunda-feira, já podemos entrar na zona de rebaixamento. Isso porque os jogos vão acontecer sábado e domingo. Temos que nos preparar bem para essa partida contra o Ceará, pois necessitamos vencê-la de qualquer maneira. Hoje a nossa briga é para se afastar do rebaixamento. Mas no futuro próximo espero que seja brigar na parte de cima da tabela”, projetou Ramon.

Referente às mudanças no comando da equipe, o defensor tratou de enxergar com otimismo, visando repetir o feito do ano passado (quando a equipe fechou o ano se classificando para a Conmebol Libertadores), após algumas trocas de treinadores ao longo do ano passado. Porém, para Ramon, mais importante do que a mudança no comando do futebol está a mudança na postura dos próprios atletas.

“Iniciamos ano passado com o Cristovão Borges, depois veio o Milton Mendes e terminamos com o Zé Ricardo. Esse ano o filme está se repetindo e esperamos que o impacto de mudança seja o mesmo que em 2017. Como disse ano passado, pode vir o Guardiola ou o Mourinho, mas quem precisa mudar de atitude somos nós jogadores. Precisamos nos cobrar e mudar essa situação, pois quem joga somos nós. Somos nós que fazemos o resultado dentro de campo. É necessário zerar os erros para voltarmos a não sofrer gols. Não sofrendo gols, ficaremos mais próximos de ganhar e reverter essa situação”, concluiu o experiente jogador.

Os jogadores do Vasco voltaram a treinar na manhã desta quinta-feira, no CT das Vargens, em Vargem Pequena, Zona Oeste do Rio de Janeiro, já visando o próximo embate pelo Campeonato Brasileiro, contra o Ceará, segunda-feira (20), às 20h, em São Januário. A equipe Vascaína possui dezenove pontos somados, está na décima quinta posição na tabela e a um ponto da zona de rebaixamento (com dois jogos atrasados, a serem disputados). 

VAVEL Logo