Flamengo tem pedido de adiamento da Copa do Brasil negado pela CBF

Rubro-Negro buscava alternativas para não se prejudicar com a convocação de seus jogadores

Flamengo tem pedido de adiamento da Copa do Brasil negado pela CBF
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Flamengo e Corinthians se enfrentam no dia 12 de setembro, no Maracanã, pela primeira partida das semifinais da Copa do Brasil. Após a eliminação dos dois times na Libertadores, o Rubro Negro solicitou à CBF, nesta quinta-feira (30), o adiamento da partida para dia 19 de setembro, mas teve seu pedido negado. 

Após a decisão, o presidente do Flamengo se pronunciou: "Estamos muito decepcionados pois a CBF demonstrou que não respeita a competição que ela própria organiza. Está interferindo no equilíbrio técnico do principal torneio mata mata do futebol brasileiro. A situação já era inadmissível pois a motivação era a realização de amistosos inexpressivos da seleção", disse Eduardo Bandeira de Mello.

O Flamengo alegou que por causa dos amistosos de seleções, o clube não contaria com Lucas Paquetá (Brasil) e Gustavo Cuéllar (Colômbia). Apesar do desfalque do lateral Fagner, do Corinthians, também chamado por Tite, o pedido foi feito somente pelo Flamengo. O Corinthians optou por não tentar alterar a data da primeira partida e alegou que caso a Confederação acatesse o pedido, poderia abrir precedentes para outros clubes e que, o próprio time já precisou jogar desfalcado em outros jogos esse ano. (Cássio e Fagner foram para a Copa da Rússia, Balbuena e Romero participaram de amistosos com o Paraguai).

Não é a primeira vez que o time carioca tenta contar com o meia, convocado para a seleção brasileira, na primeira partida das semifinais da Copa do Brasil. Antes, o clube tinha pedido que Paquetá fosse liberado do segundo amistoso, contra El Salvador, no dia 11 de setembro e chegasse antes ao Brasil, já que a partida contra o Corinthians está marcada para o dia seguinte.

A partida de volta segue marcada para o dia 26 de setembro, na Arena Corinthians. O vencedor de Flamengo e Corinthians faz a final da Copa do Brasil contra o vencedor de Cruzeiro e Palmeiras.

+ Confira ofertas de nosso parceiro Futfanatics

Resposta da CBF em nota oficial:

"A CBF não considerará qualquer pedido de alteração de datas da Copa do Brasil por entender que o calendário do futebol brasileiro, publicado ainda em setembro de 2017, deve ser cumprido a despeito de resultados ocasionais ocorridos em outras competições, cujas datas já integram e são respeitadas pela agenda nacional. A CBF parte do princípio de que o calendário elaborado de forma técnica e precisa deve ser fielmente cumprido em observância aos interesses dos clubes brasileiros, da igualdade competitiva e do torcedor, que se organiza previamente para acompanhar seu time do coração."