Zé Ricardo faz mistério sobre time titular e elogia adversário do Botafogo na estreia da Sula
Foto: Vitor Silva / SSPress / Botafogo 

Zé Ricardo faz mistério sobre time titular e elogia adversário do Botafogo na estreia da Sula

Treinador afirma necessidade de vitória, mas prevê duelo difícil contra equipe argentina

caiocarvalho97
Caio Carvalho

Nesta quarta-feira (06), o Botafogo fará sua estreia na Copa Sul-Americana. O confronto com o Defensa y Justicia acontecerá às 21h30 (de Brasília), no Nilton Santos. Vindo da primeira vitória na temporada após quatro tropeços e uma eliminação precoce na Taça Guanabara, o Alvinegro vai a campo com a confiança renovada.

Na última entrevista coletiva antes da partida, Zé Ricardo foi perguntado sobre a equipe titular para o debute na competição. Porém, o treinador manteve o mistério e não definiu o time.

"Essas definições vou deixar para revelar após nossa chegada ao estádio amanhã. Temos feito algumas observações, para gente é importante mantê-las até o fim. Temos dúvidas de quem começará amanhã. Certo que alguns voltam".

O comandante do Glorioso rasgou elogios ao Defensa y Justicia, invicto há três meses e vice-líder na Superliga argentina. Para ele, é necessário entrar em campo equilibrado e dando o máximo possível para não ser surpreendido dentro de casa.

"Sorteio colocou na nossa frente um adversário que vem com campanhas consistentes, não só no Campeonato Argentino. Chegou próximo do título sul-americano ano passado. Vai ser um grande desafio, duas partidas equilibradas. Vamos precisar dar nosso máximo. Acho que a gente tem que ter em mente que é um competição que gol fora e dentro de casa vale muito".

"Precisamos de uma equipe equilibrada, vamos pegar um time que manteve a base nos últimos anos. Vamos jogar de forma equilibrada, para conseguir nosso placar".

Zé Ricardo também falou sobre os pontos a acertar na equipe. Além disso, avaliou a possibilidade de manter o meio-campo com um armador, fator que o torna mais ofensivo.

"A gente tem muita coisa para acertar ainda, é um início de trabalho. Os resultados ruins tiraram um pouco da confiança. O último resultado ajudou um pouco, mas essa evolução tem que passar por esse desafio difícil, contra uma equipe bem organizada. Espero que seja uma partida tensa, mas com equilíbrio nosso para poder ter a partida sobre controle".

"A gente optou por fazer uma avaliação. Em boa parte do tempo contra o Boavista, deu certo. O calor estava muito forte. Certamente no segundo tempo a gente segurou, pois sabia desse jogo de amanhã e o resultado ajudou a tirar o pé. Temos uma forma mais enraizada de jogar, como foi no ano passado e, por necessidade, tomamos outra decisão".

Por fim, o treinador respondeu sobre Cícero, a sexta contratação do clube na temporada. Zé disse que ainda não conversou com o jogador, mas que espera fazer um grande trabalho ao seu lado.

"Não tive a oportunidade de conversar com ele, mas pelo que a gente conhece é um atleta que se cuida bastante, está sempre em boa forma. Conquistou títulos, tem muita experiência. Vamos analisar também o que ele espera e falar o que esperamos dele para tirar o máximo dele e, assim, estaremos bem servidos".

VAVEL Logo