Com média de rebaixado, Flamengo precisa sofrer menos gols para almejar o título brasileiro
(Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

A temporada do Flamengo, apesar do título estadual, é instável em campo. Alternando atuações boas e ruins, o Rubro-Negro não conseguiu engrenar em 2019. Um dos fatores que levam a equipe de Abel Braga a isso é o sistema defensivo.

Em 2018, a equipe da Gávea foi o time que passou mais jogos sem sofrer gols na temporada (56,7%). Nesse ano, mantendo a base defensiva e ganhando o reforço de Rodrigo Caio, é a equipe que passou menos jogos sem sofrer gols (27,5%), uma mudança muito radical em pouco tempo e que carrega algumas preocupações importantes para a equipe no Campeonato Brasileiro.

No maior torneio nacional, o Flamengo já sofreu sete gols em cinco jogos, uma média de 1,4 por partida. Nenhum clube foi campeão brasileiro, no formato com 20 times desde 2006, com essa média. O mais próximo foi o próprio Rubro-Negro, em 2009, que levou 1,15 gol por jogo.

Além disso, a média atual do Flamengo é do nível dos rebaixados nesses 13 Campeonatos Brasileiros que foram disputados. Apenas em dois anos (2008 e 2009), nenhum time caiu para a Série B com uma média próxima ou inferior a da equipe rubro-negra. Ao todo, nesse formato, 18 clubes foram rebaixados com aproximadamente 1,4 gol por jogo, ou menos (uma média de 1,38 por ano). Veja os números:

Média de gols sofridos dos campeões no Brasileiro desde 2006:

Ano Time Média
2006 São Paulo 0,84
2007 São Paulo 0,5
2008 São Paulo 0,94
2009 Flamengo 1,15
2010 Fluminense 0,94
2011 Corinthians 0,94
2012 Fluminense 0,86
2013 Cruzeiro 0,97
2014 Cruzeiro 1,00
2015 Corinthians 0,81
2016 Palmeiras 0,84
2017 Corinthians 0,78
2018 Palmeiras 0,68


Rebaixados com média igual ou próxima a do Flamengo desde 2006:

Ano Time Média
2006 Santa Cruz 1,39
2007 Corinthians 1,31
2010 Vitória 1,26
2011 Athletico-PR 1,44
2012 Palmeiras 1,42
2013 Portuguesa 1,21
2014 Vitória 1,42
2014 Bahia 1,13
2014 Botafogo 1,26
2015 Vasco 1,42
2015 Goiás 1,28
2015 Joinville 1,26
2016 Internacional 1,07
2016 Figueirense 1,31
2017 Coritiba 1,34
2017 Avaí 1,26
2017 Ponte Preta 1,36
2018 América-MG 1,23

 

VAVEL Logo