Após empate com Vila Nova, Roberto Cavalo lamenta erros da equipe e garante melhora
Foto: Divulgação/Criciúma Oficial

Vila Nova e Criciúma ficaram no 1 a 1 nesta terça-feira (01) em jogo válido pela 26ª rodada da Série B do Brasileirão no Serra Dourada. O técnico Roberto Cavalo avaliou a partida e destacou os pontos que considerou fundamental para o resultado final do jogo.  Disse também que viu uma equipe diferente na segunda etapa.

"Não teve uma chance na cara do gol. O que decidiu de novo foi a bola parada. Nós temos essa preocupação. Por algumas vezes nós tivemos um perigo de gol nessas bolas do meio de campo, inclusive o Vila começou a achar mais. Sabíamos que eles aqui dentro jogam pressionando. No intervalo cobramos muito os jogadores. Tomamos o gol mas a equipe não se abateu, isso é importante. Reagiu, acreditou, confiou e conseguiu fazer um melhor segundo tempo. Só não veio um resultado de vitória no detalhe".

O comandante abordou também os principais problemas considerados por ele obrigatórios a correção já para a próxima partida.

"Tomamos um gol onde não subimos, deixamos o adversário fazer o gol e não pode. Isso vai ser corrigido também nesta semana. Não foi porque o Vila foi para trás que tomamos iniciativa. Acho que nós temos que pensar demais, mais um jogo decisivo contra o Brasil de Pelotas e que o propósito nosso era vencer, mas quando você vem de um campeonato da maneira que estava acontecendo pelo lado do Criciúma, se você faz três pontos, busca fora e faz o dever de casa aqui pra frente, então nós vamos chegar. Não vamos lamentar porque nós queríamos a vitória, mas no momento que nós viemos, fora de casa, um ponto é importante".

Não deixou de citar, também, a atuação do camisa 10, Daniel Costa, ex-CSA, citando o máximo desgaste em que passa pelo jogador.

"O Daniel foi peça chave no  acesso do CSA, foi o diferencial. Vários clubes queriam ele e o Criciúma conseguiu investir e traze-lo para fazer o seu melhor. Quando você não esta atuando você perde a qualidade ou intensidade. O Daniel no jogo contra o Botafogo ele foi um jogador diferente. O desgaste que ele teve nessa partida, o emocional de ter que ganhar".  

A equipe catarinense segue na zona de rebaixamento, ocupando a 17ª posição, com vinte e sete pontos. Na 27ª rodada da Série B, vai enfrentar o Brasil de Pelotas em casa, na terça-feira (08), às 20h30.

VAVEL Logo