Ponte Preta enfrenta Londrina e busca se reaproximar do G-4
Foto: Álvaro Júnior/Pontepress

oApenas quatro pontos separam a Macaca do grupo que dá acesso à Série A do Campeonato Brasileiro. E nesta terça-feira (8), o time paulista recebe o Londrina no Moisés Lucarelli, às 21:30, visando voltar a ser um dor principais candidatos à elite do futebol brasileiro.

A Ponte é apenas a 10ª colocada na tabela e vem de uma goleada sofrida diante do Botafogo-SP, por 4 a 1. Já o Londrina, que venceu na última rodada na estreia de Mazola Júnior no comando da equipe, se encontra em uma situação mais delicada, ocupando apenas o 15º lugar, a apenas quatro pontos da zona de rebaixamento. 

O jogo de hoje também marca o reencontro de Mazola Júnior com o time alvinegro. Torcedor da Ponte declarado, Mazola foi o primeiro treinador da macaca na temporada, mas foi mandado embora após apenas cinco jogos. Com duas derrotas, dois empates e uma derrota. 

Macaca misteriosa

Gilson Kleina faz mistério na escalação da Ponte, já que fechou o último treino e não deu sinal do time titular. Duas mudanças são certas: com Ivan servindo à seleção olímpica, Ygor Vinhas assume a meta; na lateral-esquerda, Henrique Trevisan, suspenso após receber o terceiro cartão amarelo, dá lugar ao jovem Guilherme Guedes.

Com isso, a Ponte Preta deve ir a campo com a seguinte formação: Ygor; Arnaldo, Reginaldo, Renan Fonseca e Guilherme Guedes; Lucas Mineiro, Edson, Gerson Magrão, Renato Cajá e Vico; Roger.

Ligando o embalo?

Mazola Júnior deve repetir a equipe que bateu o Cuiabá na última rodada. O único desfalque é o lateral-direito Raí Ramos, que cumpre suspensão automática. Alemão e Hélder são os mais cotados para assumir a titularidade, mas o primeiro passará por uma avaliação médica antes da partida para verificar as condições de jogo.

Outro que depende de um aval do departamento médico do Tubarão é o volante Germano. Mesmo assim, ele é cotado para começar a partida entre os titulares. A provável escalação do Londrina tem: César; Alemão (Hélder), Augusto, Lucas Costa e Juninho; Germano (Charles), André Moritz e Higor Leite; Paulinho Moccelin, Anderson Leite e Léo Passos.

VAVEL Logo