Após derrota, Carille critica: "A gente tem que melhorar o ofensivo"
foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O clássico Majestoso entre São Paulo e Corinthians, disputado no Morumbi no domingo (13) ficou indigesto para a equipe alvinegra. Na coletiva, o técnico Fábio Carille não escondeu sua insatisfação com o desempenho e rendimento da equipe e estendeu suas críticas aos jogos de toda a temporada.

"Acho que de sessenta e três jogos a gente não fez dez bons jogos no ano. A gente não fez. Até campeão paulista, já falei várias vezes, com dificuldade para jogar", avaliou o treinador.

Sobre a partida, Carille fez uma análise sobre a partida:

"Em relação ao jogo, ganhou o melhor, quem acertou mais passes, quem buscou o jogo, quem foi ofensivo. A gente foi muito abaixo. O básico do futebol é o passe, a gente está com dificuldade no básico. O grupo é consciente de que está mal, vê no vestiário que poderia render mais. A gente tem que melhorar, e não é de hoje", analisou.

Fábio Carille ainda admitiu o risco de demissão caso a equipe alvinegra não se classifique para a Libertadores:

"A gente tem que melhorar o ofensivo. E, se não melhorar, não classifica para a Libertadores". Em seguida, foi perguntado se a não classificação para o campeonato continental colocaria em risco a continuidade dele no clube na próxima temporada: "Pode. O que me chama a atenção das demissões é que não é só quem está mal que está sendo demitido.", admitiu.

A equipe corinthiana tem sua próxima partida na quarta-feira (16), contra o Goías, no Serra Dourada, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

VAVEL Logo