Com gol de Vitinho no final, Athletico-PR derrota Atlético-MG no Mineirão
Foto: Reprodução/CAP

O Athletico-PR venceu o xará mineiro por 1 a 0 no fim da tarde deste domingo, 24, pela 34ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro no Mineirão. Em um  jogo com pouca qualidade nas finalizações, o único gol da partida foi marcado por Vitinho, num chute de fora da área, após cobrança de escanteio.

A equipe comandada pelo jovem Eduardo Barros chegou à segunda vitória consecutiva na competição, com 56 pontos e na 5ª colocação. Já os mineiros, desperdiçaram a chance de afastar de vez a porcentagem de rebaixamento. O Atlético-MG permance na 13ª posição, com 41 pontos.

O jogo 

Diante de 34 mil pagantes no Mineirão, o Furacão conseguiu suportar bem a pressão inicial dos mandantes no início da partida. O primeiro susto no goleiro Santos foi aos seis minutos. Após bom cruzamento de Cazares, o lateral Fábio Santos apareceu como elemento surpresa na área e quase abriu o marcador.

Aos 15, o time preto e branco balançou as redes com Di Santo, mas o bandeira assinalou impedimento. A primeira grande chance do Athletico foi somente aos 36 minutos. Também em cruzamento para a área, só que de Nikão, Vitinho cabeceou e mandou muito perto do gol do arqueiro Cleiton.

Na segunda etapa, a partida reiniciou semelhante da forma como começou. O Galo criava as melhores chances, mas a defesa do Furacão, em tarde inspirada, minimizava o perigo. O Athletico, na base do contra-ataque, chegava próximo ao gol, porém, sem efetividade.

Aos 11 minutos, mais um gol anulado dos mandantes. Dessa vez, Patric recebeu lançamento de Maidana em posição irregular, e o VAR apontou irregularidade. Oito minutos depois, o Galo continuava com a pressão para inaugurar o placar. Em grande jogada do meia Marquinhos, Cazares recebeu na ponta e cruzou. Sem goleiro, o baixinho Otero encontrou dificuldades no cabeceio e acertou a trave.

Regular na partida, a estrela de Vitinho brilhou aos 41 minutos. Após cobrança de escanteio, a zaga rebateu e a bola sobrou para o jovem, de 20 anos, mandar uma bomba para o gol. O goleiro do Atlético-MG nem se mexeu no lance.

O jogo foi até os 52 minutos e o Furacão chegou ao seu nono jogo sem perder na competição inicial, e está muito próximo de confirmar a vaga na Libertadores. Já o Galo deixou o campo sob muitas vaias contra o elenco e à diretoria.

VAVEL Logo