Chapecoense faz seu último jogo em casa na Série A, vence e rebaixa CSA
Foto: Márcio Cunha / ACF

Na noite desta quarta-feira (4), a Chapecoense se despediu do seu torcedor nesta temporada derrotando o CSA por 3 a 0. O triunfo do Verdão do Oeste acabou rebaixando o Azulão do Mutange, que chegou para esta 37ª rodada com chances remotas de permanência. Em 2020, as duas equipes jogarão a Série B do Brasileiro.

Primeira etapa de pouca inspiração técnica

O primeiro tempo foi marcado por um jogo com muitos erros de passe e poucas finalizações para o gol: apenas três para a Chapecoense e uma para o CSA. No entanto, na primeira finalização da partida, o Verdão do Oeste marcou. No primeiro minuto do jogo, Renato Kayzer passa para Gustavo Campanharo que, na entrada da área, manda um belo chute contra a meta de Jordi, que nada pôde fazer: 1 a 0 para os donos da casa.

O segundo lance de perigo do jogo veio, novamente, pelos pés de Gustavo Campanharo. Aos 20 minutos, o volante chega de trás e finaliza rasteiro, de fora da área, obrigando a Jordi a espalmar para escanteio.

A maior chance de perigo do CSA no primeiro tempo foi uma cobrança de escanteio de Rafinha, aos 41 minutos. O lateral cobrou o tiro de canto direto para o gol, mas João Ricardo, atento, tira de soco. Já aos 46, o próprio Rafinha cobrou falta rasteira, obrigado João Ricardo a fazer uma boa defesa.

Dois gols da Chape e rebaixamento selado para o CSA

Precisando do resultado, o Azulão começou os primeiros minutos do segundo tempo com a posse de bola no campo ofensivo. No entanto, não conseguiu tornar a posse em efetividade e aos quatro minutos, a Chapecoense quase amplia o placar. Renato Kayzer arrisca chute de fora da área e a bola passa à esquerda do gol de Jordi.

O que já estava ruim, ficou ainda pior para o CSA. Aos 10, João Vitor recebe o segundo amarelo por segurar Renato Kayzer e é expulso. Logo aos 13, a Chapecoense aproveita a superioridade numérica e amplia o placar. Após boa troca de passes, Eduardo cruza para Arthur Gomes e o atacante domina e bate cruzado para o gol de Jordi: 2 a 0 para os donos da casa.

O CSA tentou diminuir com Ricardo Bueno, aos 27 e 28, mas o centroavante parou nas mãos de João Ricardo. E aos 33, veio o castigo final para os alagoanos. Após a cobrança de escanteio de Diego Torres, o zagueiro Maurício Ramos sobe para ampliar o placar para a Chape. Resultado elástico do Verdão para decretar o rebaixamento do Azulão de Alagoas.

VAVEL Logo