Má fase! Inter não vence há seis jogos no Brasileirão e sofre com queda de rendimento
Foto: Divulgação / SCI

Quando o coletivo não vai bem, as individualidades também tendem a serem defasadas. É justamente isso que acontece com o atacante Thiago Galhardo. Artilheiro isolado do Brasileirão com 15 gols, ele teve a grande chance do jogo para o Internacional — contra o Atlético-GO no último sábado (28) — em cobrança de pênalti no segundo tempo, após um toque no braço de Zé Roberto dentro da área. Ele até bateu bem no canto direito, mas o goleiro Jean defendeu. Azar? Má fase? Talvez um pouco de ambos, pois foi a segunda cobrança seguida perdida pelo camisa 17, que também errou na decisão contra o América-MG, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Como elenco e individualidade andam juntos, a má fase, agravada pela saída do técnico argentino Eduardo Coudet, toma conta do lado vermelho de Porto Alegre. Já são cinco jogos sem gols desde que Abel Braga assumiu o comando do time. Se esticar um pouco, o Colorado não vence há seis partidas no Brasileirão, mas ainda se mantém no G-4.

Mesmo que já esteja fora da Copa do Brasil e tropeçando no Brasileirão, o Inter tem a Libertadores para "virar a chave" e tentar se recuperar. E justamente pela principal competição do continente que o Colorado entra em campo. Na próxima quarta (2), no Beira-Rio, o adversário é o poderoso e célebre Boca Juniors em jogo de ida das oitavas de final. Vale lembrar que a partida estava prevista para quarta passada, mas foi adiada após a morte de Diego Maradona, ídolo do clube argentino. No entanto, pelo Campeonato Brasileiro, o time gaúcho tem confronto direto com Atlético-MG no domingo (6), no Mineirão.

VAVEL Logo