Nenê critica arbitragem após empate com o Santos: "Toda hora era falta"
Foto: Mailson Santana/Fluminense F.C.

A atuação do árbitro Savio Pereira Sampaio no empate por 1 a 1 entre Santos e Fluminense neste domingo (21) não agradou aos tricolores. Depois do jogo, Nenê criticou a performance do árbitro, que teria deixado de marcar faltas e de distribuir cartões aos santistas.

"A arbitragem, infelizmente, não esteve nos seus melhores dias. Foi irritando, irritando, irritando... Toda hora contra a gente era falta, contra eles não era. Tinha cartão para a gente, para eles, não...", afirmou o meia.

Savio Pereira Sampaio foi bastante contestado pelo time das Laranjeiras ao longo de toda a partida. Primeiro, por não expulsar Luiz Felipe em chegada dura em Yago Felipe, ainda no primeiro tempo. Depois, por não dar cartão amarelo a jogadores do Santos em diversas faltas ao longo do segundo tempo.

Porém, o lance mais polêmico do jogo ocorreria aos 40 minutos do segundo tempo. Após desarme limpo em Marinho, o árbitro marcou falta de Nino. O zagueiro tricolor reclamou e recebeu o cartão amarelo. Logo depois, o jogador voltou a reclamar, ofendeu o juiz e foi expulso. No lance seguinte, Jean Mota empatou o jogo.

"Xingaram ele antes e fingiu que não ouviu. E aí tirou nosso jogador do sério (Nino). Ele errou, mas perdeu a cabeça. Acabamos tomando gol nessa desestabilização naquela hora e perdemos uma grande chance de ficar no G-4 e depender só da gente", finalizou Nenê.

Com o empate, o Fluminense foi a 61 pontos e se complicou na briga pelo G-4. Os cariocas, que estão em quinto, não alcançam mais o Atlético-MG (65 pontos) e dependem de uma derrota do São Paulo para o já rebaixado Botafogo na segunda-feira para levar a disputa à última rodada. O time faz seu último jogo na temporada na quinta-feira (25), às 21h30, quando recebe o Fortaleza no Maracanã.

VAVEL Logo