Alef Manga brilha, assume artilharia e Volta Redonda bate Nova Iguaçu em jogo movimentado
(Foto: André Moreira / Volta Redonda FC)

Na noite desse domingo de Páscoa (4), Volta Redonda e Nova Iguaçu se enfrentaram pela 8ª rodada do Campeonato Carioca, no Raulino de Oliveira. Em uma partida com emoção até o último minuto, o Voltaço venceu por 3 a 2 e voltou a assumir provisoriamente a liderança do estadual, com 19 pontos. Já o Laranjão da Baixada caiu para a 9ª posição, com 9 pontos.

  • Voltaço comanda a primeira etapa e Alef Manga volta a ser decisivo

No primeiro minuto, MV recebeu de Luciano Naninho e chutou passando perto da trave. Aos 7 minutos, novamente Naninho arrancou pela esquerda e rolou para Oliveira, sem goleiro e quase na pequena área, mas a finalização do lateral foi por cima do gol. Apesar de ter menos a bola, o Voltaço seguiu chegando pelos lados do campo, e após a sobra do cruzamento da direita, MV chutou rasteiro e Luiz Henrique espalmou.

A primeira boa chance do Nova Iguaçu veio aos 14, com finalização da entrada da área de Abuda, e Andrey fez grande defesa. A partida passou a ficar truncada, com algumas faltas mais fortes, e a arbitragem coibiu mostrando cartões amarelos. Aos 30, após um vacilo da defesa, João Carlos roubou a bola e tocou para Alef Manga, que saiu na cara do gol, conseguiu driblar Luiz Henrique, e tocou para o gol vazio, Voltaço 1 a 0.

Logo na sequencia, Luciano Naninho invadiu a área e só não ampliou porque o goleiro do Nova Iguaçu fez outra boa defesa. Na reta final da primeira etapa, Alef Manga recebeu pela direita, bateu cruzado e jogou pela linha de fundo. Aos 43, após boa jogada coletiva, a bola sobrou no camisa 11, que encheu o pé e ampliou o placar, 2 a 0, marcando seu sexto gol no campeonato, se isolando na artilharia.

  • Segunda etapa é frenética até o fim, mas Volta Redonda segura vitória e liderança 

Na volta do intervalo, o Laranjão tentou se soltar mais no ataque, e quase diminuiu aos 7 minutos, quando André Santos ganhou no alto após a cobrança de escanteio e a bola sobrou para Yan Everton, sozinho e na pequena área, que tocou de cabeça por cima do gol perdendo a melhor chance da equipe da Baixada.

Buscando o contra-ataque, o Voltaço chegou com perigo aos 11, quando Alef Manga puxou em velocidade pela direita, e tocou para João Carlos, que chegou batendo de primeira, a bola desviou em Gilberto e passou perto da trave direita. Novamente no contra golpe, o camisa 11 arrancou e tocou para o meio da área, Luiz Henrique não alcançou, mas João Carlos se atrapalhou com o gol vazio e o goleiro do Nova Iguaçu conseguiu se recuperar para salvar quase em cima da linha.

Após a parada técnica, o Volta Redonda seguiu melhor na partida, e desperdiçando os ataques, até que aos 25, Dieguinho enfiou uma linda bola para Yan Everton, que invadiu a área e chutou na saída de Andrey, para diminuir o placar e recolocar o Laranjão no jogo,  2 a 1. Irritado com as chances desperdiçadas, Neto Colucci mexeu na equipe buscando aprimorar a pontaria, mas quase viu a sua equipe levar o empate aos 31, quando Digão recebeu pela direita, e soltou a bomba, passando perto do gol tricolor.

A pressão do Nova Iguaçu continuou, e Yan arriscou da entrada da área, mas Andrey foi buscar no cantinho aos 34. O camisa 7 era o melhor da equipe da Baixada Fluminense, e criou outra boa chance aos 39, com um cruzamento preciso para Roberto Baggio na marca do pênalti, que chutou de primeira mas a bola explodiu na defesa. Aos 44, Hiroshi foi lançado na entrada da área, matou no peito e soltou a bomba no ângulo, aproximando o Voltaço da vitória, 3 a 1. Ainda deu tempo de Yan descontar novamente, aos 48, completando cruzamento de Digão, 3 a 2, mas não deu tempo para mais nada e a equipe tricolor voltou, provisoriamente, para a liderança.

Na próxima rodada, o Volta Redonda receberá o Botafogo no Raulino de Oliveira, enquanto o Nova Iguaçu irá até o Maracanã encarar o Fluminense.

VAVEL Logo