Athletico-PR resiste à pressão e vence clássico contra Paraná na Vila Capanema
Foto: José Tramontin/Athletico-PR

O Athletico-PR venceu o Paraná por 1 a 0, na Vila Capanema, na tarde desta sexta-feira, em jogo adiado da quinta rodada do Campeonato Paranaense. O gol que deu os três pontos para a equipe rubro-negra foi marcado pelo meio-campista Jaderson.

A vitória deixa o Athletico-PR, que tem um jogo a menos, na sexta colocação com nove pontos, logo acima do Paraná, que soma oito. As duas equipes permanecem na zona de classificação para as quartas de final do Estadual e voltam a campo na próxima segunda-feira (3), às 16h. O Tricolor recebe o Rio Branco, enquanto o Furacão visita o Azuriz.

Poucas chances e expulsões

O Athletico-PR começou melhor, mas não conseguiu converter a posse bola em ações ofensivas. A melhor oportunidade apareceu num chute de Kleiton, defendido por Bruno Grassi. A resposta do Paraná veio com Juninho, que acertou o travessão de Anderson. Minutos depois, foi a vez de Thiago Alves obrigar o goleiro rubro-negro a realizar uma boa defesa.

No final do primeiro tempo, jogadores das duas equipes se estranharam e protagonizaram um princípio de confusão no gramado. O árbitro Anderson Iraci Guimarães acabou expulsando um de cada lado: o meia Thiago Alves, do Paraná, e o zagueiro Lucas Halter, do Athletico-PR.

Furacão marca, Tricolor para no travessão

Assim como na etapa inicial, o Athletico-PR seguiu melhor que o Paraná. No começo do segundo tempo, Reinaldo teve a chance de abrir o placar, mas mandou por cima. Pelo lado do Tricolor, Juninho colocou Anderson para trabalhar. Entretanto, a resposta do Furacão foi fatal:  após cruzamento de Kleiton, Mingotti errou a finalização, e Jaderson apareceu na pequena área e empurrou para as redes.

Foto: José Tramontin/Athletico-PR
Foto: José Tramontin/Athletico-PR

O Paraná sentiu o gol, mas decidiu ir para cima. Elielton bateu forte e acertou o travessão. Depois, Bryan avançou pela esquerda e cruzou, mas a bola foi direto e, mais uma vez, acertou o poste superior de Anderson. O Furacão ainda teve a chance de ampliar com Julimar. No entanto, o atacante errou o alvo e desperdiçou.

VAVEL Logo