Brusque vira no fim, aumenta a crise do Botafogo e volta a vencer na Série B
(Foto: Lucas Gabriel Cardoso / Brusque FC)

Na noite desse sábado (17), no estádio Augusto Bauer, Brusque e Botafogo se enfrentaram pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O Alvinegro criou mais chances, mas foi a equipe quadricolor que levou a melhor, virando no segundo tempo, e vencendo por 2 a 1.

Os donos da casa se recuperaram após 3 derrotas consecutivas, e pularam para o 10º lugar, com 16 pontos. Já o time carioca segue em crise após a demissão de Marcelo Chamusca e, ainda com o interino Ricardo Resende no comando, chegou ao 4º jogo sem vencer, e caiu para o 13º lugar, com 13 pontos.

  • Em uma primeira etapa ruim, Botafogo tem as melhores chances e pula na frente

A primeira etapa não teve um bom nível técnico, e começou em um ritmo lento. A primeira boa chance veio aos 10 minutos, e foi do time mandante: Thiago Alagoano tocou de cabeça, após cruzamento de Garcez, e a bola passou a direita do gol de Diego Loureiro. O gramado não ajudava o espetáculo, mas aos 20 minutos as duas equipes já tinham 51 passes incompletos.

Aos 21, Zé Carlos fez uma boa defesa após finalização de Rafael Navarro. Depois, Ianson fez falta dura em Marco Antônio, levou amarelo, mas levou a pior e teve que ser substituído por Claudinho. Aos 28 minutos, Rafael Navarro ganhou no alto mas carimbou Kanu, a bola voltou para o camisa 9 alvinegro, que chutou mascado, Diego Gonçalves desviou a bola para o fundo do gol. Fogão 1 a 0.

O Botafogo ainda teve a chance de ampliar aos 36, quando Chay tocou para Diego, mas o goleiro do Brusque impediu o segundo gol alvinegro com uma grande defesa. Na última chance da primeira etapa, Pedro Castro cobrou falta e a bola passou perto do gol quadricolor.

  • Alvinegro recua, não define a partida e vê o Brusque levar a vitória

Na volta do intervalo, Ricardo Resende colocou Rickson no lugar de Marco Antônio. A partida seguiu em um ritmo muito devagar, e o Brusque também mexeu para buscar evitar a quarta derrota consecutiva. Aos 16, Edu subiu bem e completou de cabeça, após cobrança de escanteio, para boa defesa do goleiro alvinegro.

Aos 24 minutos, Chay cruzou na medida para Rafael Moura, que tinha entrado no lugar de Rafael Navarro, cabecear sozinho na pequena área, mas parando em fantástica defesa de Zé Carlos. No rebote, o atacante tocou para Warley, que encheu o pé e chutou por cima do gol, desperdiçando a melhor chance da segunda etapa até então.

Mas como diria o ditado: quem não faz, leva. Quatro minutos depois, Airton cruzou para Edu, que cabeceou para baixo, acertou a trave esquerda e ficou na medida para Thiago Alagoano apenas completar para o fundo do gol, e empatar a partida, 1 a 1. Aos 36, em novo cruzamento, Rafael Carioca afastou errado para o meio da área, Edu chegou batendo mas nas mãos de Diego Loureiro.

Aproveitando o bom momento, a equipe catarinense chegou a virada aos 42 minutos, quando Thiago Alagoano deu um belo toque para Edu, que recebeu pela direita, invadiu a área e chutou cruzado, no cantinho, Brusque 2 a 1.

O Quadricolor ainda teve uma última grande chance aos 48 minutos, quando Toty cruzou na medida para Thiago, livre na pequena área, mas o atacante finalizou em cima de Diego Loureiro. Após o apito final, a equipe mandante comemorou demais o retorno ao caminho das vitórias no campeonato, enquanto o Botafogo se afastou ainda mais do G-4.

  • Próxima rodada

O Alvinegro voltará a campo na terça-feira (20), às 19h, para enfrentar o Goiás no Nilton Santos. No dia seguinte, quarta-feira (21), às 16h, o Brusque irá até Goiânia enfrentar o Vila Nova, no OBA.

VAVEL Logo