Gabigol chega aos dez gols na Libertadores e iguala marca que durava desde 2007
Foto: Paula Reis / Flamengo

Em mais uma grande exibição da equipe, o Flamengo venceu o Olimpia-PAR por 5 a 1 na noite desta quarta-feira (18), e após construir o enorme placar agregado de 9 a 2, o maior de uma equipe brasileira nesta fase da competição, confirmou a vaga às semifinais.

O destaque ficou mais uma vez por Gabriel Barbosa, o Gabigol. Com dois gols marcados, o camisa 9 chegou ao décimo na atual edição, superando a sua melhor marca, quando marcou nove na campanha do título rubro negro, em 2019.

Além de quebrar a marca pessoal, Gabriel também igualou um número que perdurava desde 2007. Foi a primeira vez em 14 anos, que um jogador chegou aos dois dígitos em gols marcados na mesma edição de Libertadores. O último a conseguir tal feito, havia sido o paraguaio Salvador Cabañas, artilheiro daquela edição com dez tentos pelo América-MEX.

A semelhança está nas duas campanhas. Ambos chegaram aos dez gols em dez jogos, com uma média perfeita de um gol por partida. Mas a diferença, é que Cabañas acabou eliminado nas quartas de final, quando o América foi eliminado para o Santos. Sendo assim, caso Gabigol mantenha a média, irá ultrapassar o paraguaio.

Gabigol na Libertadores

Aos 24 anos de idade, Gabigol está em sua quarta edição de Libertadores. A estreia foi em 2018 com a camisa do Santos. De lá pra cá são 34 jogos 22 gols marcados, sendo dois na grande final de 2019, quando o Flamengo venceu o River Plate-ARG, de virada, por 2 a 1.

2018, pelo Santos: 7 jogos / 1 gol

2019 em diante, pelo Flamengo: 12 jogos, 9 gols

2020: 5 jogos, 2 gols

2021: 10 jogos, 10 gols

Com a excelente média de 0,68 gol por jogo na principal competição Sulamericana, o camisa 9 do Flamengo já é o quarto maior artilheiro brasileiro da Libertadores, e está apenas dois atrás de Fred, terceiro colocado no ranking com 24 gols. O líder é o ex atacante Luizão, que em passagens por Vasco, Corinthians, Grêmio e São Paulo marcou 29 gols.

Para seguir tentando quebrar recordes, Gabigol e Flamengo, agora aguardam o adversário nas semifinais, que estará entre Fluminense ou Barcelona-EQU. Se manter a boa fase, o camisa 9 credencia o Fla como um dos favoritos na busca pelo tricampeonato.

VAVEL Logo