Rodallega marca quatro gols, Bahia vence Fortaleza com autoridade e encerra jejum de oito jogos sem vencer no Brasileirão
Foto: Bahia

Pela décima nona rodada do Campeonato Brasileiro da Série A de 2021, a equipe do Bahia recebeu o Fortaleza neste sábado (04). A partida, sem a tradicional festa das torcidas, foi realizada no Estádio do Pituaçu, em Salvador. O Tricolor de aço conseguiu impor seu jogo dentro de casa e venceu com autoridade, impondo um placar por 4 a 2, com quatro gols do atacante colombiano e veterano, Rodallega; os dois gols da equipe visitante foram marcados por Yago Pikachu e Matheus Vargas.

Estratégias

O comandante argentino Diogo Dabove, em seu segundo jogo frente ao comando técnico do Bahia, moldou a equipe em um 4-3-3. Matheus Teixeira no gol, era protegido pela dupla de zaga sólida formada por Luiz Otávio e Conti. Nas laterais, Juninho Capixaba e Nino Paraíba pela esquerda e direita, respectivamente. Outra dupla, agora de volantes, Lucas Araújo mas defensivo e Danielzinho subia mais ao ataque para ajudar na armação, Junto ao meia-atacante Lucas Mugni. Nas pontas, Rodriguinho e Rossi invertiam de lado durante o jogo. No ataque, o veterano Rodallega.

O técnico Argentino Juan Pablo Vojvoda trouxe a sua equipe no tradicional 3-5-2. Debaixo das traves, o goleiro Marcelo Boeck. Na defesa, uma linha com três zagueiros que ajudam na construção do jogo tinha: Tinga, Jackson e Titi. O volante Éderson protegia a defesa, mas também subia ao ataque. No meio, Jussa e Lucas Crispim eram toda a armação necessária no meio campo. Nas alas, tanto esquerda como direita, Romarinho e Yago Pikachu abriam bastante e também infiltravam. A dupla de ataque, e esperança de gols, Henriquez e Robson.

A partida

No primeiro tempo, o Bahia teve um pênalti à favor nos minutos iniciais. Após Juninho Capixaba tentar o cruzamento pela esquerda, o atacante Robson acabou bloqueando com a mão, enquanto dava um carrinho. Mas a chance do tricolor abrir o placar na penalidade máxima foi desperdiçada, quando Rodringuinho acertou a trave direita na finalização.

Aos 42 minutos, na reta final da primeira etapa, a equipe da casa abriu o placar explorando uma série de erros defensivos do Fortaleza. Lucas Araújo roubou a bola no meio de campo em bobeada de Romarinho, lançou Rossi que aproveitou a bagunça na zaga adversária, para rolar e deixar Rodallega sozinho, que finalizou na saída do goleiro para marcar seu primeiro gol com a camisa tricolor. 

Na segunda etapa, o Bahia tratou logo de fazer o segundo gol, e mais uma vez contando com falha no sistema defensivo adversário. Em um chutão, uma bola que parecia dominada entre o goleiro Marcelo Boeck e o zagueiro Titi, acabou parando nos pés de Maicon Douglas após o arqueiro do Leão tentar sair jogando. O camisa 77 apenas rolou para Rodallega finalizar com o gol vazio.

Três minutos depois, o tricolor abriu três de diferença em boa jogada na lateral do campo, e uma finalização magistral do seu centroavante veterano. Juninho Capixaba tabelou com Patrick no lado esquerdo do campo e realizou o cruzamento meia altura para dentro da área, Rodallega dominou, conseguiu girar e chutou no canto do goleiro Marcelo Boeck, que até tentou, mas nada podia fazer. "Hat-trick" do Colombiano, que até aqui já fazia uma partida histórica.

Quando o jogo já parecia decido, o Fortaleza começou a esboçar uma reação e não jogou a toalha. Em falta pelo lado esquerdo do campo, Lucas Crispim se posicionou na cobrança, fez o cruzamento na área, mas a defesa do Bahia afastou com Juninho Capixaba, na sobra Yago Pikachu chegou finalizando de fora da área e marcou um golaço, dando esperanças ao Leão.

Minutos depois, aos 28, em mais uma jogada de bola aérea, o Leão do Pici diminuiu a diferença no placar e voltou em definitivo para a partida. Lucas Lima, em escanteio pelo lado esquerdo, fez o cruzamento e a bola viajou até o primeiro pau, Titi deu uma casquinha para trás, e Matheus Vargas, fechando no segundo poste, empurrou de cabeça para o gol. O tricolor foi para o abafa, querendo o empate.

Os mandantes pareciam fragilizados, dava espaços ao adversário, estava sendo dominado na partida e quase levou o empate. Mas, em mais uma bobeada da defesa adversária, o tricolor de aço deu números finais ao que seria a vitória e os três pontos dentro de casa. Após erro na saída de bola, a equipe cobrou o lateral rápido e fez sua tradicional jogada na lateral do campo, o cruzamento foi realizado, Rodallega dominou, girou e finalizou, o goleiro Marcelo Boeck defendeu, mas no rebote o colombiano não perdoou e fez: Bahia 4, Fortaleza 2.

Próximos compromissos

Com a vitória, o Bahia acabou com uma sequência negativa de oito jogos sem vitórias no Brasileirão, chegou aos 21 pontos e jogou o América-MG para dentro da zona de Rebaixamento. Já o Fortaleza chegou ao quinto jogo sem vitória, e estagnou na terceira posição, podendo ser ultrapassado ao decorrer da rodada. O próximo compromisso do tricolor de aço é pela 20ª do Campeonato Brasileiro da Série A contra o Santos no sábado (11) às 21h, na Vila Belmiro. O Leão do Pici volta a campo um dia depois, no domingo (12) às 16h, quando recebe o líder Atlético-MG no Castelão pelo mesmo torneio.

VAVEL Logo