Depois de semanas de preparação, o Athletico-PR teve uma estreia empolgante na Copinha: goleada por 9 a 0 sobre o Sparta e liderança do grupo 2 garantida – já que Portuguesa-RJ e Catanduva ficaram apenas no empate. Para Léo Ataíde, lateral-direito da equipe sub-20 do Furacão, é preciso direcionar o foco para fazer uma campanha no torneio melhor do que a realizada em 2023.

“Seja nas categorias de base ou no time principal, sabemos que vestir a camisa do Athletico-PR envolve sempre muita responsabilidade. O nosso torcedor quer comemorar vitórias, grandes lances e sobretudo títulos relevantes. No ano passado, paramos nas oitavas de final. Agora, mais do que nunca, queremos chegar nas fases mais agudas da competição”, pontuou.

O próximo desafio pela Copa São Paulo de Futebol Jr é contra a Portuguesa-RJ, nesta sexta-feira (05), às 19h15. Léo Ataíde garante que o resultado expressivo na primeira rodada não muda em nada o respeito por todos os adversários. O objetivo, segundo o jogador, é passar em primeiro no grupo para entrar com tudo na fase mata-mata.

“O resultado da estreia foi bacana no sentido de renovar a nossa confiança, de mostrar que somos um time forte, mas na Copinha são muitos os times fortes e competitivos. Não podemos deixar a empolgação tomar conta. É manter a humildade e se concentrar no próximo jogo. Cada jogo é uma decisão diferente. Além de vencer, é importante construir saldo de gols e buscar o 1º lugar do grupo”, destacou o atleta, que está jogando a Copa São Paulo pela terceira vez na carreira.

Hoje com 19 anos de idade, Léo Ataíde estreou na Copinha aos 15 anos, em 2020, e se tornou um dos jogadores mais jovens já inscritos na história do torneio. A melhor campanha do Athletico-PR na Copinha ocorreu em 2009, quando conquistou o vice-campeonato. Na fase de grupos da edição de 2024, o Furacão ainda enfrentará a Portuguesa-RJ (sexta-feira, às 19h15) e o Catanduva (segunda-feira, às 15h30).