O técnico do Corinthians António Oliveira concedeu entrevista coletiva para falar do empate heroico do Timão diante do Palmeiras por 2 a 2 na Arena Barueri. Primeiramente, António elogiou a luta e a garra do Timão que não desistiu literalmente até o último lance da partida.

"Parabéns aos meus jogadores que nunca desistiram. Parabéns aos que não entraram e estiveram no espírito da equipe. Isso me deixa extremamente satisfeito. Queria dar uma palavra à torcida que compareceu à nossa saída. Como se costuma dizer: ”aqui é Corinthians e jamais desistiremos”.

"Nossa intenção foi competir com o adversário, que é extremamente competitivo e leva para questão física altíssima. Muitas vezes o adversário sobressaiu sobre nós, mas nos últimos 20 minutos tomamos conta do jogo e fomos felizes."

António fez questão de incentivar seus jogadores e analisar a partida vendo uma boa partida de ambos os lados no Derby.

"Deu para entender o que sabia quando aceitei estar nessa cadeira: tem um grupo com caráter, qualidade. Só um grupo com grande qualidade consegue, dentro das circunstâncias que o jogo deu, consegue o empate. No primeiro tempo, o adversário tinha 20 finalizações, 5 no gol. Tivemos seis chutes no gol, mais do que o adversário."

"O adversário tirou muito proveito dos espaços, atacando a profundidade. Tivemos alguns erros técnicos e perdemos alguns duelos individuais. Foi mais demérito nosso, que erramos, do que propriamente mérito do adversário. Sabemos o nível do adversário, claro, mas sinto que tenho um grupo de jogadores de grande qualidade. O futuro para nós só pode ser positivo."

Próximo jogo

O Corinthians agora volta a campo no confronto diante do Cianorte pela primeira fase da Copa do Brasil 2024, em jogo disputado em Maringá.