Fabiano Soares lamenta empate contra Atlético-GO: "Faltou saber jogar"

Técnico do Furacão entende que poderiam ter matado o jogo no primeiro tempo

Fabiano Soares lamenta empate contra Atlético-GO: "Faltou saber jogar"
Foto: (Divulgação / Getty Imagens)

O Atlético Paranaense saiu da Arena da Baixada em empate com sabor de derrota para o lanterna da competição, Atlético Goianiense. A noite já começou com indícios que não terminaria bem quando Marcos defendeu o pênalti de Gedoz e logo depois, os visitantes abriram o placar.

A polemica da partida foi dada no gol de empate de Guilherme, quando Marcos defende a bola em cima da linha e o árbitro marca o gol. Ainda no primeiro tempo, Lucho González virou a partida. Fabiano Soares declarou em entrevista coletiva que este era o momento de tomar a frente e definir o placar. 

“Conseguimos fazer dois gols e acho que criamos várias ocasiões. Poderíamos ter matado o jogo logo no primeiro tempo. É o futebol”, disse.

Aos 35 minutos do segundo tempo, a lei do ex prevaleceu novamente e o capitão Walter empatou o jogo para os goianos. O comandante do Furacão admitiu a falha de sua equipe: “Faltou saber jogar nestes momentos. Era uma equipe que só jogava nas transições”, afirmou.

O comandante também explicou as contestadas alterações que realizou no confronto, colocando Eduardo Henrique, Sidcley e Ederson nos lugares de Lucho González, Felipe Gedoz e Ribamar, respectivamente: “As substituições, para quem estava no campo, foram bem claras. O Lucho teve cãibras, o Gedoz já não podia e o Ribamar estava exausto. Acho que todos viram o cansaço desses jogadores”, declarou.

Os paranaenses visitam o desesperado São Paulo na próxima rodada, jogo no Pacaembu devido a shows que serão realizados no estádio do Morumbi, e o comandante assumiu a provável mudança de postura para o duelo: “Agora pensarei no São Paulo, a partir desta noite. É uma estratégia diferente, não tem nada a ver com este jogo”, finalizou o professor.