Carille comemora empate contra  São Paulo, elogia substitutos e cita má fase de Jadson

Após o empate contra o rival tricolor por 1 a 1, o técnico Fábio Carille comemorou o resultado no clássico deste domingo e comentou a fase de Jadson, camisa 10 do time alvinegro

Carille comemora empate contra  São Paulo, elogia substitutos e cita má fase de Jadson
Foto: Daniel Augusto Jr/ Agência Corinthians

O Corinthians conquistou um importante resultado na manhã deste domingo (24), jogando no Morumbi lotado contra o São Paulo, que veio a campo disposto a conquistar a vitória para espantar a má fase. Diante de um rival desesperado, e melhor na primeira etapa - o empate por 1 a 1 - foi comemorado pelo técnico corinthiano Fábio Carille. 

"Sim, comemoramos bastante este resultado e saio com sentimento de que poderíamos ter jogado melhor. Parabenizei todos pela entrega, mas poderíamos ter feito melhor", comentou Carille, que mexeu na equipe e mudou a história da partida.

Sobre o desempenho dos atletas que tem a disposição para o meio, Carille falou sobre a má fase que Jadson vem atravessando nos últimos jogos, elogiou Clayson e Marquinhos Gabriel, e também enfatizou que a busca pela vaga no meio-campo é justa diante de um trabalho a longo prazo. 

"Eu gostei do Jadson na Argentina. Hoje sim, foi abaixo. A ideia foi buscar mais velocidade, por isso entrou Marquinhos Gabriel e depois o Clayson. Para se construir uma vaga (de titular), não é por causa de um jogo ou um gol. Não é assim. Sei da importância do Clayson, mas também sei da do Jadson e do Marquinhos Gabriel. São todos jogadores brigando. O dia a dia mostra, o jogo mostra", afirmou o treinador.

Por fim, o comandante alvinegro reprovou a polêmica comemoração do volante Gabriel, que gesticulou para a torcida são paulina, e ainda citou o ídolo corinthiano para comentar sobre o vidro do ônibus quebrado por um pedaço de madeira atirado pela torcida rival.

"Se aconteceu (a provocação de Gabriel), sim, vai ser chamado a atenção na cobrança. Mas se quer falar de exemplo no Brasil, "pqp", desculpe a palavra. A chegada aqui é sempre uma batalha. Mas eu gosto disso, acorda ainda mais o meu time. Eu lembro quando fizeram isso com o Ronaldo, ele lá no fundo do ônibus disse "puts, eles são burros, acabaram de me acordar", finalizou Carille.

O próximo compromisso do Corinthians será no próximo domingo (01), às 16h, contra o Cruzeiro, no Mineirão. Com o resultado desta rodada o Timão chegou aos 54 pontos na competição, e abriu 10 pontos para o Santos, segundo colocado na tabela.

 

Sport Club Corinthians Paulista