Cruzeiro acerta contratação do atacante Rafael Sóbis por três temporadas

Valores da negociação giram em torno de 17 milhões de reais; clube mineiro adquiriu 100% dos direitos econômicos do jogador junto ao Tigres-MEX

Cruzeiro acerta contratação do atacante Rafael Sóbis por três temporadas
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Na tarde desta quinta-feira (23), o Cruzeiro anunciou a contratação do atacante Rafael Sóbis junto ao Tigres, do México. O vínculo com o time mineiro terá duração de três temporadas e, para concretizar a negociação, a Raposa desembolsou 5 milhões de dólares, equivalente a 17 milhões de reais, por 100% dos direitos econômicos. O time mexicano tinha contrato com o jogador até o final de 2017, mas o liberou para acertar com o time celeste.

Sóbis, de 31 anos, estava no Tigres desde a temporada passada. Pelo clube mexicano, o jogador marcou 22 gols em 70 partidas, ajudando a equipe a conquistar o Torneio Apertura 2015. O Cruzeiro será o terceiro clube brasileiro a contar com o futebol do atacante. Além do Internacional, time que o revelou e de onde saiu em 2006 para o futebol europeu, Sóbis também defendeu o Fluminense entre 2011 e 2014, sendo negociado no fim daquele ano com o Tigres.

O jogador se despediu de seus companheiros horas depois de ser anunciado como reforço cruzeirense. Em uma reunião com todos os atletas do elenco, o treinador da equipe mexicana, Ricardo Ferreti, agradeceu a Rafael Sóbis por tudo que fez pelo clube. Em um breve pronunciamento, ainda com todos reunidos, Sóbis agradeceu à torcida e disse que vai embora feliz por tudo que conquistou no agora ex-clube.

”Quero agradecer a torcida. Foi lindo. A cidade de Monterrey é perfeita, alcançamos muitas coisas aqui. Demonstramos que somos um grande time e que o Tigres entrará em todas as competições para ganhar. Vou embora contente, feliz, foi uma despedida perfeita”, declarou.

Esta foi a segunda contratação cruzeirense após o início da abertura da janela internacional de transferências. A primeira foi Ramón Ábila, que estava no Huracán, da Argentina. A atual diretoria celeste, sob o comando do presidente Gilvan de Pinho Tavares, vinha sendo cobrada pela torcida pela necessidade de contratações.