Santa Cruz encerra preparação para enfrentar o Confiança-SE

Equipe pernambucana fará sua estreia na temporada 2018 em partida válida pela Copa do Nordeste

Santa Cruz encerra preparação para enfrentar o Confiança-SE
Foto: Rodrigo Baltar/Santa Cruz

Um dia antes da estreia na temporada, o Santa Cruz fez seu último treino para enfrentar o Confiança-SE pela Copa do Nordeste. A partida acontece nesta terça-feira (16), às 21h45 (horário de Recife), no Estádio Batistão. Os 20 relacionados pelo técnico Júnior Rocha treinaram na tarde desta segunda-feira no CT do Sergipe.

Os relacionados foram:

Goleiros: Tiago Machowski e Lucas Silva;

Zagueiros: Augusto Silva, Renato Silveira, Genílson e Júnior;

Laterais: Vítor, Ítalo, Paulo Henrique e Weslley Alcântara;

Volantes: João Ananias, Jorginho, Ilaílson e Lucas Gomes;

Meias: Daniel Sobralense, Anderson, Jeremias e Arthur Rezende;

Atacantes: Augusto e Robinho.

A ausência do goleiro Ricardo Ernesto, é devido ao cumprimento de uma suspensão recebida em 2017, quando ainda era atleta do Guarany de Sobral/CE. Já o atacante Robinho Mota, que segundo o treinador, ficou de fora por algumas pancadas sofridas na panturrilha nos treinos que antecederam a viagem à Sergipe.

Para Júnior Rocha, a escalação dependia de algumas regularizações que sairiam no dia de hoje, e como não teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o zagueiro Augusto Silva não poderá atuar na partida.

Regularizados, o zagueiro Renato Silveira e o volante Jorginho poderão aparecer na equipe titular que provavelmente será: Tiago Machowski; Vítor, Genílson, Renato Silveira e Paulo Henrique; João Ananias, Jorginho, Daniel Sobralense e Arthur; Augusto e Robinho.

Com pouco mais de dez dias à frente dos treinos da equipe, Júnior Rocha destacou o comprometimento do grupo e explicou que apesar de uma pré-temporada curta, as demais equipes também largaram cedo na temporada e buscam encaixar durante o decorrer das partidas.

- Tentamos otimizar o nosso tempo curto para que já possamos apresentar um modelo de jogo definido nessas primeiras partidas, com cada atleta sabendo a sua função. Quando o ser humano está feliz no lugar, as coisas acontecem tranquilamente. Além disso, o pessoal está bem porque estão cumprindo com o combinado, não só financeiramente, nós fomos bem recebidos. A pré-temporada em Aldeia foi importante para crescermos em vários pontos, como por exemplo, profissional, técnico, tático e pessoal.