Vanderlei brilha, Santos segura ímpeto do Atlético-PR e vence para classificar às quartas

Furacão pressiona Peixe na partida inteira, mas Bruno Henrique marca em contra-ataque e Santos se classifica na Vila Belmiro

Vanderlei brilha, Santos segura ímpeto do Atlético-PR e vence para classificar às quartas
Bruno Henrique autor do gol santista (Foto: Getty Images)
Santos
1 0
Atlético-PR
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison (Daniel Guedes), Yuri (Jean Mota), Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete (Thiago Ribeiro) e Ricardo Oliveira.
Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Fabrício; Matheus Rosseto (Bruno Guimarães), Lucho Gonzáles, Nikão, Guilherme e Sidcley (Pablo); Ribamar (Éderson)
Placar: 1-0, BRUNO HENRIQUE.
ÁRBITRO: Mauro Vigliano apita a partida, auxiliado por Diego Bonda e Gabriel Chade (todos da Argentina).
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA VOLTA DAS OITAVAS DE FINAL NA LIBERTADORES DA AMÉRICA 2017, DISPUTADA NA Vila Belmiro, EM Santos

Na noite desta quinta-feira (10), Santos e Atlético-PR se enfrentaram pela partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores da América. o Santos que já havia vencido o jogo de ida por 3 a 2, novamente levou a melhor, e venceu o Furacão por 1 a 0, gol de Bruno Henrique.

O próximo adversário do Peixe na Libertadores será o Barcelona de Guayaqui, equipes que eliminou o Palmeiras, na quarta-feira (09). O Santos decidirá as quartas de final, em casa, na Vila Belmiro.

Atlético-PR pressiona, mas Vanderlei e Lucas Veríssimo salvam o Peixe

O Atlético-PR que estava em desvantagem, chegou já pressionando no inicio de partida. Com 3 minutos, Guilherme lançou Nikão, o atacante driblou Victor Ferraz e finalizou, a bola levou perigo para Vanderlei. O Santos respondeu aos 12, Ricardo Oliveira recebeu de costas, e ajeitou para Bruno Henrique, que mandou uma bomba de fora da área. A bola passou por cima do gol de Weverton.

Aos 24, Vanderlei salvou o Peixe três vezes seguidas. Na primeira, Guilherme cobrou falta na cabeça de Paulo André, que cabeceou e Vanderlei fez uma defesa espetacular. Na segunda, em cobrança de escanteio, Fabrício ganhou no alto e cabeceou firme, para mais uma grande defesa do goleiro santista. Na terceira, Guilherme bateu cruzado, e Vanderlei salvou novamente.

O Furacão seguiu pressionando, e quando não tinha Vanderlei, tinha Veríssimo pra salvar. Aos 37, Jonathan driblou Zeca e finalizou, Vanderlei fez mais uma bela defesa. No rebote, a bola sobrou para Sidcley, que, de frente para o gol, chutou e Lucas Veríssimo salvou em cima da linha.

Furacão seguiu pressionando, mas Santos decidiu jogo em contra-ataque

O Furacão voltou para o segundo tempo tentando abrir o placar. Aos quatro minutos, Ribamar recebeu livre na área, e rolou para Nikão, que mandou uma bomba e Veríssimo desviou para escanteio. Aos 15, o Santos resolveu sair para o jogo e atacar. Jean Mota aproveitou o rebote da falta, e cruzou na medida para Veríssimo, que cabeceou para fora. Aos 17', Jean Mota arriscou de fora da área e passou muito perto.

Aos 26, o Atlético teve três chances para abrir o placar. Sidcley recebeu na entrada da área, finalizou de fora da área e Vanderlei fez uma bela defesa! Nikão aproveitou cruzamento na área, dominou e colocou na área novamente, Jonathan finalizou de primeira e mandou na trave. E a terceira chance foi com Sidcley, que finalizou e Vanderlei salvou mais uma vez!

Aos 32, o Santos abriu o placar e matou a partida. Lucas Lima puxou o contra-ataque em alta velocidade, lançou para Ricardo Oliveira, que cruzou para Bruno Henrique empurrar para o fundo do gol. Aos 37', o Santos quase ampliou. Lucas Lima tabelou com Ricardo Oliveira e finalizou colocado. A bola passou muito perto do gol de Weverton.

Santos FC