Semana Internacional de Vela de Ilhabela fomenta nova geração com Regata do Amanhã
Foto: Aline Bassi | Balaio de Ideias

O incentivo à formação da nova geração da vela oceânica será um dos grandes legados da Semana Internacional de Vela de Ilhabela, em sua 46ª edição, entre os dias 13 e 20 de julho.

Com a Regata do Amanhã, marcada para o dia 15, alunos das escolinhas da modalidade em Ilhabela e região poderão vivenciar uma disputa de alto nível técnico, integrando tripulações experientes. Assim, eles ganharão experiência no trabalho em equipe na principal competição do gênero na América do Sul.

A Vela do Amanhã contará com as 60 crianças que fazem parte dos projetos da ilha, como a Escola de Vela de Ilhabela e a Escola de Vela Lars Grael. Todas as equipes inscritas na competição também são incentivadas a participar da ação. A inscrição pode ser feita diretamente na secretaria do Yacht Club de Ilhabela (YCI). Deverá ser uma regata curta, disputada entre boias num percurso pequeno. Todos os alunos receberão medalhas no final, ressaltando o caráter social de fomento à vela na região.

Integração de alunos e velejadores

“A ideia é integrar os jovens das escolas de vela com as equipes da Semana de Vela. Os alunos aprendem a velejar em classes de monotipos, em que eles estão sozinhos no barco. Nas classes oceânicas, o trabalho em equipe é fundamental. Todos têm suas funções e sua importância”, destaca Beto de Jesus, secretário de esportes da prefeitura de Ilhabela.

Para Beto de Jesus, esses primeiros passos na vela oceânica, numa competição como a Semana Internacional de Vela de Ilhabela, podem ser o incentivo para que os alunos, no futuro, integrem tripulações de grandes equipes, garantindo a renovação da modalidade no Brasil.

“É uma vivência que vai marcar esses jovens, poder velejar ao lado de um atleta de renome, no evento.”

Idealizada pelo diretor de vela do YC Ilhabela, Mauro Dottori, a regata ainda tem como objetivo aproximar os velejadores do trabalho social feito na região.

”É muito importante que a comunidade da vela conheça o trabalho que está sendo feito em Ilhabela e quem sabe consigam levar para suas cidades o exemplo daqui”, reforça Alexandre Paradeda, campeão mundial e panamericano, além de coordenador da Escola de Vela de Ilhabela.

VAVEL Logo