Pirelli World Challenge tem vitórias de Nissan e McLaren em Barber
Apesar da vitória, James Davison perdeu a pontuação após irregularidade na inspeção pós-corrida (Foto: Divulgação/Pirelli World Challenge)

A tensão no paddock do Pirelli World Challenge ainda estava alta por conta do comportamento dos oficiais de pista da categoria em relação a corrida caótica de Long Beach, mas duas corridas sem grandes incidentes no circuito de Barber ajudaram a esfriar um pouco os ânimos, mesmo que decisões equivocadas ainda tenham vindo a tona durante o fim de semana. Em meio a discussão de pilotos, equipes e organização da categoria, James Davison trouxe a primeira vitória da Nissan no campeonato, enquanto Kevin Estre subiu no alto do pódio mais uma vez.

A corrida de sábado (25) teve Davidson na pole position, vencendo de ponta a ponta a prova mesmo com a pressão que o holandês Nick Catsburg exerceu a bordo de sua nova Lamborghini Gallardo R-EX, junto do americano Mike Skeen em seu Audi da CRP Racing. Após os três primeiros vieram Johnny O'Connell, que fez uma excelente corrida de recuperação partindo da vigésima sétima posição, e Ryan Dalziel, que emplacou mais uma performance consistente partindo da nona posição.

Por conta de uma bandeira amarela no último minuto, muitos questionaram a decisão da direção de prova em dar mais uma volta ao invés de fechar a corrida em bandeira amarela, visto que já haviam se passado os 50 minutos que o regulamentos prevê para cada corrida.

A categoria GT-A teve a vitória do mexicano Martin Fuentes, da Scuderia Corsa, usando a econômia de pneus da sua Ferrari a seu favor para os momentos finais, com Henrique Cisneros, da NGT Motorsport, e Tim Pappas, da Black Swan Racing completando o pódio. A categoria GT Cup teve mais uma vitória de Colin Thompson, da Kelly Moss Motorsports, que garantiu o triunfo após uma ultrapassagem ousada por fora em Alec Udell, da GMG Racing, e ainda teve Sloan Urry, da TruSpeed, na terceira posição.

Porém, após a corrida, o sábado não foi nada agradável para a Always Evolving Racing, visto que o Nissan GT-R de James Davison não passou pela inspeção técnica, fazendo o piloto e a montadora perderem todos os pontos conquistados, mesmo que a vitória tenha sido mantida.

Resultado da corrida 1 do Pirelli World Challenge em Barber

Kevin Estre liderou dobradinha da McLaren e da K-PAX/Flying Lizard no domingo (Foto: Divulgação/Pirelli World Challenge)

A segunda corrida, realizada no domingo (26) teve Robert Thorne, companheiro de Kevin Estre na K-PAX/Flying Lizard, largando na pole. Thorne liderou 14 voltas até começar a sofrer pressão de um inspirado Estre, e foi então que o francês passou Thorne por dentro na curva 5, e Estre se manteve líder até o fim dos 50 minutos de prova, se sagrando vencedor. Perto da metade da prova, houve um momento de apreensão quando o Cadillac ATS-V de Johnny O'Connell começou a pegar fogo, levando alguns minutos para ser contido e trazendo uma bandeira amarela que durou 20 minutos, deixando somente sete minutos de prova restantes em bandeira verde.

Thorne ainda teve que aguentar a incessante pressão de Ryan Dalziel, da EFFORT Racing, para no final completar a dobradinha da K-PAX. Olivier Beretta, da R. Ferri Motorsports, e Mike Skeen completaram os cinco primeiros.

Na categoria GT-A, Brian Heitkotter, graduado do programa GT Academy da Nissan, levou o seu modelo GT-R a primeira vitória na classe na temporada, com Bret Curtis, da Turner Motorsport, e Tim Pappas completando o pódio. Na categoria GT Cup, Colin Thompson não teve problemas para vencer a sexta corrida em sete disputadas no ano, com os mesmos Alec Udell e Sloan Urry repetindo suas posições de sábado.

Resultado da corrida 2 do Pirelli World Challenge em Barber

O Pirelli World Challenge volta com mais uma rodada dupla somente nos dias 16 e 17 de Maio, quando o campeonato sai dos Estados Unidos rumo ao Canadian Tire Motorsports Park, no sudeste do Canadá.

VAVEL Logo