Francês Johann Zarco fica com a vitória da Moto2 na Malásia
Johann Zarco conquista a oitava vitória da temporada em Sepang. (Foto: Reprodução/MotoGP)

O Grande Prêmio da Malásia de Moto2, em Sepang, na Malásia, teve como vencedor Johann Zarco (Ajo Motorsport). O francês, atual campeão da categoria, fez uma corrida muito inteligente, poupando equipamento até o final da corrida, para superar Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten).

Quando as luzes vermelhas apagaram, Luthi fez uma boa largada e sustentou o primeiro lugar. Quem acabou saindo mal foi Álex Rins (Paginas Amarillas HP 40), que caiu de terceiro para sétimo. Zarco chegou a tomar o primeiro lugar depois das primeiras curvas, mas Luthi logo retornou ao posto.

Após a primeira volta, as pretensões de cada piloto na corrida parecia bem definidas. Luthi e Zarco na luta pela vitória, enquanto Jonas Folger (AGR Team) conseguiu superar Lorenzo Baldassarri (Forward Racing) e Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia) e pulou para terceiro. Rins, que não largou bem, não demorou muito para se aproximar da turma.

Azlan Shah (IDEMITSU Honda Team Asia), que lutava por posições entre os dez primeiros, caiu antes da metade da corrida, mas conseguiu retornar. O mesmo acabou não acontecendo para Álex Márquez (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS) e Rins, que caiu quando se defendia de Folger. Os dois espanhóis acabaram abandonando a corrida.

Com isso, Luthi era o líder, mas com Zarco sempre próximo. Atrás deles, Folger estava em um isolado terceiro lugar. Já a quarta posição era disputada entre Nakagami e Baldassarri, enquanto Hafizh Syahrin (Petronas Raceline Malaysia), outro piloto local, fazia um bom papel e lutava para ficar entre os dez primeiros.

Passada a metade da prova, a Speed Up de Sam Lowes perdeu muito desempenho e o britânico caiu de sétimo para 13º em poucas voltas. Na contramão de Lowes, Luis Salom (Paginas Amarillas HP 40) subiu do 11º para o sexto lugar no mesmo tempo.

Na última volta, Luthi ainda seguia a frente de Zarco, mas o francês se aproveitou do fato de ter poupado equipamento para partir pra cima e conseguir a ultrapassagem. O suíço, sabendo que não teria como dar o troco, preferiu se manter em segundo.

Zarco alcançou sua incrível oitava vitória na temporada. O já campeão da Moto2 de 2015, com esse resultado, conseguiu abrir incríveis 129 pontos na liderança sobre o segundo colocado no campeonato, Rins. Luthi perdeu a vitória na última volta, mas esteve satisfeito pelo bom desempenho. Folger, também feliz da vida, completou o pódio.

Nakagami completou em um bom quarto lugar, mostrando evolução na parte final do campeonato. Baldassarri, quinto, também impressiona com bom desempenho nas últimas provas.  Salor, Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP), Syahrin, Simone Corsi (Forward Racing) e Xavier Siméon (Federal Oil Gresini Moto2) completaram o top 10. O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team) cruzou a linha de chegada em 15º. Clique aqui para conferir o resultado completo.

A última corrida da temporada 2015 do Mundial de Moto2 será no dia 8 de novembro, em Valência, na Espanha, no circuito de Ricardo Tormo.

VAVEL Logo