Brian David conquista quinta pole no ano busca título da GPR 250 em Curitiba
(Foto: FGCom)

Como tem acontecido em toda a temporada da GPR 250, a categoria escola do Moto 1000 GP, a definição do grid de largada para a oitava e última etapa do ano, neste sábado (dia 28), em Curitiba (PR), foi mais uma vez emocionante. E, no final, festa para o Team Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros e o piloto Brian David que conquistou sua quinta pole position em 2015.

David larga na frente na decisão do título, tendo o seu principal rival, Ton Kawakami, na quarta colocação. Os demais pilotos do Team Estrella Galicia 0,0 também largam entre os Top-8: José Duarte parte da quinta posição, com Diogo Moreira em sexto e Guilherme Brito em sétimo. 

A prova deste domingo terá sua largada às 10h50 e poderá ser acompanhada pelo canal do Moto 1000 GP no YouTube, indicado na home do site moto1000gp.com.br. Os canais Bandsports e Esporte Interativo e o portal Terra exibirão um VT, a partir das 13 horas.

Com a pole, David somou mais um ponto na classificação e ampliou para sete pontos sua vantagem para Ton, contando o descarte obrigatório. O piloto da Honda CBR 250 R #35 registrou sua melhor volta em 1min42s701 na última volta do Q2 no traçado de 3.965 metros do autódromo internacional de Curitiba.

"Andei muito bem desde o começo dos treinos, estava muito confiante e vim melhorando a cada sessão. Mas o Q2 foi bem difícil e só consegui o tempo da pole na última volta", contou o piloto, que já tem quatro vitórias nas sete etapas disputadas este ano. "Estou muito feliz. Foi um ponto importante para o campeonato, nesta briga pelo título e vamos pra corrida tentar a vitória", completou David, que está com 13 anos.

Quarto colocado na temporada, o cearense José Duarte, de 18 anos, treinou ainda sentindo dores na perna e braço direito, após a queda nos treinos de sexta-feira, mas ficou satisfeito com o resultado. A volta em 1min43s725 garantiu o quinto lugar para o piloto no grid.

"Ainda estou sentindo dores, mas no geral consegui ir bem no classificatório. No Q2, fiquei junto do Brian no começo, mas depois minha moto escapou de traseira e perdi o vácuo na última volta, quando ele fez o melhor tempo. Acho que a quinta posição é boa para a largada e acredito que a prova vá se definir mesmo durante a disputa, porque esta pista é muito técnica. Vou fazer o meu melhor para terminar o ano com um bom resultado", frisou o piloto da Honda CBR 250 R #97, que tem dois pódios na temporada.

Caçula do time, o paulista Diogo Moreira, de 11 anos, também virou na casa de 1min43s, terminando em sexto. "Entrei no Q2 bem concentrado e virei um pouco mais rápido do que meu tempo no Q1. O vento aqui está dificultando nas curvas, mas largar na segunda fila é bom e quero ir pra cima na corrida", disse o piloto da Honda CBR 250 R #20.

Completando os quatro pilotos da equipe, Guilherme Brito, de 13 anos, esperava largar mais à frente, mas também mantém a confiança. "Tentamos uma estratégia no Q2, mas errei a marcha, a moto entrou em neutro e o Brian abriu e não consegui aproveitar o vácuo. Fiz o treino de 'cara pro vento' e não deu pra melhorar mais o tempo. Mas corrida é outra coisa, então o foco agora é pensar na disputa de amanhã", concluiu o paulista da Honda CBR 250 R #19, que tem três pódios na temporada.

Confira o grid de largada em Curitiba da GPR 250 (Top-8):
1. Brian David (GO/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, 1:42.701

2. Rafael Traldi (SP/Motonil Motors-PDV Brasil), Kawasaki, 1:43.105
3. Meikon Kawakami (SP/Playstation-PRT), Honda, 1:43.392
4. Ton Kawakami (SP/Playstation-PRT), Honda, 1:43.483
5. Jose Duarte (CE/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, 1:43.725
6. Diogo Moreira (SP/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, 1:43.772
7. Guilherme Brito (SP/Estrella Galicia 0,0 by Alex Barros), Honda, 1:43.923

8. Hebert Pereira (RS/SBK Moto Racing), Kawasaki, 1:45.825

Programação 8ª etapa do Moto 1000 GP em Curitiba - GPR 250

Domingo, dia 29

Warm up: 8h50 (10 minutos)
Largada: 10h50 (12 voltas)

Classificação do campeonato da GPR 250, após sete etapas (sem descarte):
1º) Ton Kawakami, 144
2º) Brian David, 140
3º) Guilherme Brito, 92
4º) José Duarte, 81
5º) Diogo Moreira, 67

6º) Rafael Traldi, 58
7º) Meikon Kawakami, 53
8º) Felipe Gonçalves, 34
9º) Indy Monoz, 29
10º) Gustavo Gil, 24 

VAVEL Logo