Novas regras do Mundial de Endurance agradam McLaren

Equipe inglesa tem o desejo de retornar ao Mundial de Endurance

Novas regras do Mundial de Endurance agradam McLaren
(Foto: Divulgação)

As novas regras da classe LMP1 que estarão vigentes entre 2020-21 estão aproximando a McLaren do Mundial de Endurance. De acordo com o diretor-executivo Zak Brown, os novos regulamentos são “convincentes”, para um possível retorno para Le Mans.

Durante a etapa da Espanha da Fórmula 1, Brown disse  que o conceito “GTP”, protótipos semelhantes à carros de produção, é interessante para a marca. “Sim, as regras, como estão sendo propostas, são convincentes”, disse ele. “Nós consideraríamos a possibilidade de executar o novo, seja lá o que for que eles chamam de – GTP, Silhouette, LMP1 – Eu ouvi várias frases.”

“Mas acho que é emocionante tentar ir a Le Mans para vencer de cara. Esse é o maior valor para uma equipe de corrida.”

Além da McLaren, Ferrari, Aston Martin, Ford e Toyota estão interessadas sobre as novas regras da categoria. Brown também salientou que a equipe tem tradição em diversas categorias além da F1.

“Estivemos na Can-Am, IndyCar, vencemos Le Mans, estamos participando dessas reuniões e revendo o que parece”, ele disse. 

“Somos fãs da marca Le Mans… Então, quando olhamos para o teto orçamentário e como você administra isso, olhar para formas adicionais de corrida é algo que estamos considerando.”

“Nossos acionistas são um grupo de corredores, o que torna muito divertido trabalhar para eles”, disse.

“O projeto de Indianápolis no ano passado, foi viável comercialmente, e que seríamos competitivos, não demorou muito para dizer ‘ótima ideia, vamos fazer’.” Deste ponto de vista, eles são ótimos para trabalhar,” finalizou.