Verstappen vence em Barcelona com dobradinha da Red Bull e toma liderança do campeonato
Foto: Twitter oficial da Red Bull Racing

De um começo preocupante a dobradinha e liderança do campeonato. Esse foi o domingo de Max Verstappen em Barcelona, no GP da Catalunha. Por fim, a vitória veio em meio a um turbilhão de emoções.

Tudo parecia favorável a Ferrari de Charles Leclerc. O piloto monegasco largou na pole position, e se manteve na liderança após a largada. Foi abrindo vantagem em relação a Verstappen sem grandes dificuldades, e viu seu rival errar em uma curva onde alguma voltas antes, seu companheiro também errou. Max caiu para quarto, tinha problemas no DRS, e o domingo parecia ser perfeito para o time italiano...

Mas na volta 27, Leclerc ficou lento na pista, sem potência no motor. Foi o fim de prova para o monegasco, que voltou para os boxes e recolheu o carro. Para a Ferrari, o que prometia ser uma possibilidade de dobradinha na Espanha, se tornou um pesadelo, já que Sainz não tinha mais chances de vencer, estava muito longe dos carros da Red Bull e de George Russell.

Para a Red Bull, foi o início de uma dobradinha. Até então, o maior empecilho da equipe era George Russell. O piloto da Mercedes assumiu a liderança com o abandono de Leclerc, e suportou o quanto foi possível os ataques de Verstappen, e até tentou usar a mesma tática contra Pérez, mas não deu certo. Por fim, foi superado por ambos os carros da equipe de energéticos.

Falando em Mercedes, Lewis Hamilton teve um início de prova difícil: um toque com a Haas de Kevin Magnussen fez com que o heptacampeão mundial caísse para a penúltima posição, e ele até sugeriu recolher o carro. Mas, o engenheiro sugeriu a permanência na pista, ousou na estratégia das trocas de pneus, e nas voltas finais o piloto inglês já estava no top-6, em uma impressionante corrida de recuperação.

Enquanto Verstappen e Pérez seguiam na frente sem sustos, Russell superou um impressionante Valtteri Bottas e garantiu a terceira posição nas últimas voltas. Com os pneus bastante gastos, o piloto da Alfa Romeo não conseguiu segurar Sainz e Hamilton, caindo para o sexto lugar. Hamilton até chegou a ocupar a quarta colocação, mas no fim foi superado pelo piloto espanhol da Ferrari.

Verstappen venceu, seguido por Pérez e Russel. Sainz terminou em quarto, com Hamilton (escolhido o piloto do dia no site da F1) em quinto, e Bottas em sexto.

Completaram o top-10: Esteban Ocon (Alpine) em sétimo, Lando Norris (McLaren) em oitavo, o impressionante Fernando Alonso (que largou em último com a Alpine) em nono lugar com uma bela corrida de recuperação, e Yuki Tsunoda (Alpha Tauri) em décimo.

Apenas Guanyu Zhou (Alfa Romeo) e Charles Leclerc (Ferrari) não completaram o GP da Catalunha, sexta etapa do Mundial de F1. 

Apesar do erro nas primeiras voltas do GP e os problemas no uso do DRS quando tentava atacar Russell, Verstappen elogiou a performance da equipe, em especial a do companheiro de Red Bull, Sérgio Pérez:

"Meu DRS não funcionava e isso dificultou um pouco. Foi um começo difícil, mas um bom final. Estou muito feliz por vencer e também muito feliz pelo Checo. No fim, um grande resultado para a equipe.”

Com a vitória deste domingo, Max Verstappen assume a liderança do Mundial com 110 pontos, seis a mais do que Charles Leclerc. Com a dobradinha deste fim de semana, Sérgio Pérez agora é o terceiro colocado com 85 pontos, onze a mais do que George Russell, quarto colocado.

No Mundial de construtores, a dobradinha da Red Bull colocou o time austríaco na liderança com 195 pontos. A Ferrari agora é a segunda colocada com 169 pontos, enquanto a Mercedes é a terceira com 120.

A F1 volta no próximo fim de semana com o tradicional GP de Mônaco, sétima etapa da temporada. 

Resultado final do GP da Catalunha de F1

1) Max Verstappen (Red Bull)
2) Sergio Pérez (Red Bull)
3) George Russell (Mercedes)
4) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)
5) Lewis Hamilton (Mercedes)
6) Valtteri Bottas (Alfa Romeo/Ferrari)
7) Esteban Ocon (Alpine/Renault)
8) Lando Norris (McLaren/Mercedes)
9) Fernando Alonso (Alpine/Renault)
10) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Red Bull)
11) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes)
12) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes)
13) Pierre Gasly (AlphaTauri/Red Bull)
14) Mick Schumacher (Haas/Ferrari)
15) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)
16) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
17) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
18) Alexander Albon (Williams/Mercedes)
OUT) Zhou Guanyu (Alfa Romeo/Ferrari)
OUT) Charles Leclerc (Ferrari)

 

VAVEL Logo