Stan Wawrinka vence Andy Murray e se classifica para as semifinais do ATP Finals

Nesta sexta-feira (20), Stan Wawrinka da Suíça venceu o escocês Andy Murray por dois sets a zero, com parciais de 7/6 e 6/4, em 1 hora e 49 minutos de jogo. Com a vitória, o tenista da Suíça avançou à fase semifinal do ATP World Tour Finals de 2015, visto que chegou à segunda colocação do Grupo B do torneio, que também era composto por Rafael Nadal da Espanha e seu compatriota David Ferrer.

Vice líder do Grupo B da competição, com duas vitórias em três jogos, o tenista suíço avançou para a próxima fase do torneio ao lado do primeiro colocado Rafael Nadal, que tem por enquanto 100% de aproveitamento. Hoje mais cedo, ele bateu o compatriota David Ferrer por dois sets a um, com parciais de 6/7 6/3 e 6/4.

O torneio ocorre entre os dias 15 e 23 de novembro de 2015 na Arena O2 na capital inglesa, Londres. A competição reúne os oito melhore tenistas da temporada do ranking de simples e duplas. Novak Djokovic, Andy Murray, Roger Federer, Stan Wawrinka, Tomas Berdych, David Ferrer e Kei Nishikori na chave de simples. Já na chave de duplas está o número um do mundo, Marcelo Melo do Brasil, que joga ao lado do croata Ivan Dodig.

O suíço foi o quarto jogador a reservar seu lugar entre a elite do tênis. Começou sua campanha 2015 com a vitória no Chennai Open, chegando a semifinal do Australian Open, onde defendia o título de 2014. Venceu Rotterdam em fevereiro e, seu maior feito, foi surpreender a todos vencendo Novak Djokovic, o número 1 do mundo, na final de Roland Garros. No mês seguinte, atingiu as quartas de final de Wimbledon, parando frente ao tenista francêsRichard Gasquet com um emocionante 11-9 no quinto set.

No ano anterior, o suíço foi derrotado em um longo jogo de três sets contra seu conterrâneo Federer nas semifinais do torneio. Wawrinka entra em quadra na segunda-feira, dia 16 de novembro, contra Rafael Nadal. Vem de vitória recente contra o espanhol no Masters 1000 de Paris, em uma longa partida, classificada por muitos como a melhor partida do ano. 

O atual campeão é Novak Djokovic, que no ano passado, após derrotar o japonês Kei Nishikori na semifinal por dois sets a um, com parciais de 6/1 3/6 e 6/0, não teve de entrar em quadra na final, visto que seu adversário - Roger Federer - desistiu da partida por conta de uma lesão.

Você acompanha o melhor do tênis mundial na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo