Nadal sai atrás, mas bate japonês e vai à terceira rodada do US Open

Nesta quinta-feira (31), o principal favorito ao título do torneio - Rafael Nadal - voltou às quadras rápidas do complexo localizado em Flushing Meadows, nos Estados Unidos. Na segunda rodada da competição, o espanhol enfrentou o japonês Taro Daniel - 121º no ranking da ATP.

Depois de duas horas e 56 minutos em quadra, o cabeça de chave número um venceu por três sets a um, com parciais de 4/6 6/3 6/2 e 6/2.

Com o resultado positivo, Nadal garantiu vaga na terceira rodada do torneio. Seu adversário na próxima rodada será o argentino Leonardo Mayer - número 59 do mundo - que vem de vitória sobre o japonês Yuichi Sugita em quatro sets, com parciais de 6/7 6/4 6/3 e 6/4, em uma batalha de três horas e dois minutos.

Confira o resumo da partida

Desde o primeiro game - quando o espanhol sacou - ficou claro que seria uma partida complicada, visto que teve de salvar dois break points para confirmar o game. Assim o primeiro set seguiu para o natural de Manacor, que sofria para manter seu saque.

No 4/3, Nadal pressionou o adversário, que em um momento de desconcentração, quase cedeu o break. Porém, depois de salvar duas chances de quebra, Daniel cresceu no jogo: com boas devoluções quebrou o adversário logo em seguida para abrir 5/4. Com bons saques, fechou a primeira parcial em 6/4.

A vantagem seguiu para o lado japonês no segundo set: logo no terceiro game, Taro conquistou mais uma quebra para abrir vantagem. Vendo a derrota se aproximar, o número um do mundo reagiu: ganhando confiança, quebrou o tenista do Japão duas vezes para virar a parcial e empatar: 6/3.

A partir daí, Nadal passou a ter controle total do jogo: perdeu apenas 13 pontos no terceiro set inteiro - ao passo que fez 26 - para atropelar Daniel com um 6/2, em apenas 33 minutos. A mesma história se repetiu na quarta parcial: com duas quebrar, Rafa fechou o jogo com outro 6/2.

Na primeira rodada, "El Toro" derrotou o sérvio Dusan Lajovic - 85º no ranking da ATP - por três sets a zero, com parciais de 7/6 6/2 e 6/2, em duas horas e 20 minutos. 

O melhor do último Grand Slam da temporada, o US Open, você acompanha na VAVEL Brasil.

VAVEL Logo